Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

A força da juventude é a esperança do Palmeiras na Libertadores

14 de Dezembro de 2020

A força da juventude é a esperança do Palmeiras na Libertadores O Verdão conta hoje com o retorno do técnico português Abel Ferreira, recuperado da Covid-19. Crédito da foto: Cesar Greco / Ag. Palmeiras (14/12/2020)

A juventude é a aposta do Palmeiras para superar a experiência do elenco do Libertad, do Paraguai, a partir das 21h30 desta terça-feira (15), no Allianz Parque. O Verdão precisa apenas de um empate sem gols para ir à semifinal da Copa Libertadores pela 11ª vez na história. Além das revelações das categorias de base, a equipe paulista tem como trunfo o retorno do técnico português Abel Ferreira, recuperado da Covid-19.

Depois do empate em 1 a 1 na semana passada em Assunção, o Palmeiras tem a comodidade de jogar por uma vitória simples ou até por um 0 a 0 para ir à próxima fase. A equipe paraguaia precisará ganhar ou conseguir um empate por no mínimo dois gols. Se houver repetição do placar, a vaga para a semifinal será definida nos pênaltis.

Por entrar em campo já com uma vantagem, o Palmeiras terá um teste importante para a maturidade do elenco. O possível time titular a ser escalado para o jogo tem média de idade de apenas 24 anos, inferior aos 29 anos do adversário paraguaio. O lateral Gabriel Menino, de 20 anos, e o volante Danilo, de 19, estão apenas no primeiro ano como profissionais e são exemplos do quanto a juventude tem sido uma das forças do Palmeiras nesta temporada.

Os dois conquistaram espaço no time após trajetória de sucesso nas categorias de base e agora têm papel importante para fazer o Palmeiras ter uma campanha até superior à do ano passado. Em 2019, o time tinha um elenco bem mais badalado e desfrutava do posto de atual campeão brasileiro quando foi eliminado nas quartas de final pelo Grêmio, no Pacaembu.

O renovado Palmeiras deve ir a campo para essa decisão com apenas um jogador acima de 30 anos. O goleiro Weverton completou 33 no último domingo. O mais velho dos titulares é bem mais jovem do que alguns dos rivais do experiente Libertad. O goleiro Martín Silva, ex-Vasco, e o atacante Cardozo têm 37 anos. Juntos, eles têm no currículo seis disputas de Copa América e quatro participações em Copas do Mundo.

Mesmo o mais jovem titular do Libertad seria um nome experiente para o padrão atual do Palmeiras. O meia Matías Espinoza tem 23 anos e é mais velho do que Gabriel Menino, Danilo, Veron e até Matias Viña, que é apenas alguns meses mais novo do que o adversário. Inclusive, no jogo de ida foi Espinoza quem marcou o gol do Libertad.

O Palmeiras conta com a melhor campanha da Libertadores para avançar e o retrospecto de 100% de aproveitamento como mandante na competição. Após ficar afastado durante três partidas do time, Abel Ferreira voltou a trabalhar com o elenco no domingo e estará na área técnica do estádio do clube. (Ciro Campos - Estadão Conteúdo)

PALMEIRAS x LIBERTAD

Palmeiras - Weverton; Gabriel Menino, Luan, Gustavo Gómez e Matías Viña; Danilo, Zé Rafael e Raphael Veiga; Gustavo Scarpa, Gabriel Veron e Rony. Técnico: Abel Ferreira

Libertad - Martín Silva; Iván Ramírez, Luis Cardozo, Pablo Adorno e Iván Piris; Blás Cáceres, Matías Espinoza, Antonio Bareiro e Álvaro Campuzano; Adrián Martínez e Óscar Cardozo. Técnico: Gustavo Morínigo

Árbitro - Jesús Valenzuela (Venezuela)

Horário - 21h30

Local - Allianz Parque, em São Paulo (SP)