fbpx
Esporte

12ª Corrida e Caminhada Cruzeiro do Sul reúne 2 mil pessoas em Sorocaba

Confira a lista dos vencedores do masculino e feminino em todas as categorias
O presidente do Conselho de Administração da Fundação Ubaldino do Amaral (FUA), César Augusto Ferraz dos Santos, e o presidente do Conselho Superior da FUA, Valdir Euclides Buffo Junior, com os vencedores da categoria masculina de 5,4 kg. Foto: Fábio Rogério

Aproximadamente 2 mil pessoas participaram da 12ª Corrida e Caminhada Cruzeiro do Sul na manhã deste domingo (30) no Alto da Boa Vista, em Sorocaba. Foram computados 1.800 atletas e as 200 pessoas restantes eram compostas do público que compareceu para prestigiar os participantes. A manhã de sol e temperatura agradável, em pleno inverno, transformou o evento esportivo em programa de saúde e qualidade de vida para atletas, amigos e familiares.

Foram computados 1.800 atletas. Foto: Fábio Rogério

Os atletas Luiz Reinaldo Nunes Cardoso e Marlei Rodrigues de Oliveira venceram, respectivamente, a corrida de 5,4 quilômetros nas categorias masculino e feminino. Os atletas Elionay Ferreira Correia e Márcia Lopes Rodrigues também venceram, respectivamente, a corrida de 10,4 quilômetros nas categorias masculino e feminino.

Ainda subiram ao pódio, acompanhando os vencedores, os atletas Roberto Marques dos Santos (2º lugar) e Juventino Francisco Custódio (3º lugar) no grupo de 5,4 quilômetros masculino. No feminino, também subiram ao pódio Ariane Cecília da Silva (2º lugar) e Marilza do Nascimento (3º lugar).

Entre os participantes do percurso de 10,4 quilômetros, as outras duas posições no pódio foram ocupadas por Francisco Carlos da Silva (2º lugar) e Claudionir Amaro (3º lugar), no masculino. E no grupo feminino as outras duas posições foram de Joelma Vieira Dantas (2º lugar) e Carolina Candea (3º lugar).

Vários perfis

Quem não correu teve a oportunidade de participar de caminhada de 3 quilômetros. Outras categorias de corredores incluíram Pessoas com Deficiência (PCDs) e por idade, desde 18 anos até mais de 70 anos. Os atletas mais idosos foram Lauro Pereira Mendes, de 82 anos, entre os homens, e Darci Helena Kobayachi, de 77 anos, entre as mulheres. As equipes que se destacaram com troféus foram a CBA, Run Up e I9 Assessoria Esportiva.

O Projeto Empresto Minhas Pernas participou com seis cadeirantes e três deficientes auditivos. O projeto também engloba portadores de deficiência visual. “Uma médica que nos acompanha incentiva a convivência social, a prática esportiva, o sair de casa, trazer para eles atividades ao ar livre”, disse a coordenadora do projeto, Josy Yume Garcia. O grupo usou uma bandeira com a inscrição “pelotão da igualdade”.

Wellington faz parte da equipe de futebol de amputados. Foto: Fábio Rogério

A equipe de futebol de amputados também participou da caminhada com atletas como Wellington César Gomes, de 24 anos. Vítima de acidente de moto em 20 de fevereiro de 2016, Wellington teve que amputar o pé esquerdo e celebra o esporte como busca de qualidade de vida. “O esporte me tirou de uma depressão profunda”, ele disse. “Estou mais feliz hoje do que antes do acidente.”

Entre os atletas com mais de 70 anos, Antonio Sidnei Seixas, de 78 anos, explicou como ainda tem energia para a atividade física: “Eu gosto. Graças a Deus não tenho doença nenhuma, dor nenhuma, e enquanto puder correr, estou correndo, pegando pódio ou não. Eu quero chegar ao fim da corrida. E quando pego pódio, aí é uma satisfação triplicada.”

Diretoria da FUA

O presidente do Conselho de Administração da Fundação Ubaldino do Amaral (FUA), César Augusto Ferraz dos Santos, e o presidente do Conselho Superior da FUA, Valdir Euclides Buffo Junior, prestigiaram o evento esportivo.
“A corrida e caminhada tem sido uma verdadeira obsessão de Sorocaba, no bom sentido”, disse Ferraz dos Santos. “E o Cruzeiro do Sul, atento a todos os movimentos, vem mantendo e reforçando o apoio a essa atividade que já é tradição na cidade.”

“Essa atividade tem vários lados”, acrescentou Buffo Junior. “Tem o lado do lazer, da amizade, da saúde, do bem estar. E nós, diretores da Fundação, ficamos muito satisfeitos em ver que a cada ano mais pessoas participam. Estamos muito felizes com a participação da população sorocabana e esperamos que no ano que vem tenhamos um novo recorde de participantes.”

Interação

Corrida também é reunião de família e de amigos. A professora Jeiza Carla Araújo de Oliveira, de 27 anos, na companhia da mãe, Ivani Aparecida Araújo de Oliveira, de 50 anos, foi à corrida para prestigiar a participação do pai, Flávio Aparecido de Oliveira, de 51 anos. Com o celular, Jeiza filmou próximo ao pelotão de largada e vibrou com a passagem do pai: “É uma emoção para quem corre e para quem assiste.”

Jeiza e a mãe foram prestigiar a participação do pai na corrida. Foto: Fábio Rogério

A largada aconteceu pontualmente às 8h no ritmo do som da banda de rock AC/DC. A banda Balantaines, com a vocalista Lorena Germani, também marcou presença com clássicos do rock para turbinar a animação do público. Tendas de patrocinadores também prestaram serviços. Uma delas, da Universidade Paulista (Unip), fez medição de pressão e monitoramento das condições de respiração. O público elogiou a infraestrutura, o que incluiu a água gelada oferecida aos corredores.

Após a largada, Mirela Oliveira, de 22 anos, se posicionou no local mais adequado para comemorar a chegada do namorado Luiz Oliveira, de 37 anos, que saiu no pelotão de corredores. “Eu corro também, só não estou correndo ultimamente, vim só prestigiar”, disse Mirela.

Fábio fez da corrida um programa de domingo com a família. Foto: Fábio Rogério

O funcionário público estadual Fábio Vicente José de Moura, de 52 anos, fez da corrida um programa de domingo com a família. Ele posou para fotos com o filho Lucas André de Moura, de 10 anos, e estava também com a filha Sophia André de Moura, de 10 anos, e a esposa Cláudia Regina André de Moura. Fábio incentivou os participantes: “Tem que correr, tem que caminhar e participar para manter a forma e a saúde.”

O vencedor dos 10,4 quilômetros entre os homens, Elionay Ferreira Correia, de 38 anos, comemorou a segunda vitória na corrida do Cruzeiro do Sul — a primeira vitória foi em 2017. Fez o tempo de 35 minutos e 6 segundos. Agora se prepara para correr os 1.500, 5 mil e 10 mil metros nos Jogos Regionais desta semana em Sorocaba. Ele deu dicas para quem quer entrar no mundo das corridas: “Para o iniciante é bom intercalar caminhada com corrida, trabalhar a questão mental e psicológica, fortalecer a biomecânica (movimentos).”

Com o tempo de 17 minutos e 23 segundos, o atleta Luiz Reinaldo Nunes Cardoso, de 32 anos, comemorou a quarta vitória na modalidade de 5,4 quilômetros da corrida do Cruzeiro do Sul. Ele já foi três vezes campeão em outra corrida de 5 quilômetros da cidade e é pentacampeão do Track Field, outra modalidade de destaque na América Latina.

Na linha de chegada, Cardoso era cumprimentado pelos amigos como “fera” pelo desempenho em velocidade e resistência. Em abril passado ele correu uma prova de revezamento de 140 quilômetros com equipe de 9 atletas, que ficou em segundo lugar. Nessa prova, sua participação ocorreu em três trechos, num percurso total de 21.100 metros — equivalente a meia maratona. Na vida profissional ele é vendedor de bikes e treina nas horas de folga.

Comentários