Buscar no Cruzeiro

Buscar

Boituva faz iniciativas para combater pandemia e melhorar a saúde em geral

10 de Abril de 2021 às 00:01
Cruzeiro do Sul [email protected]

Boituva faz iniciativas para combater pandemia e melhorar a saúde em geral Hospital São Luiz recebeu um aumento de repasse além de um custeio especial mensal para o combate à pandemia do novo coronavírus. Crédito da foto: Divulgação

Uma das áreas que receberam mais atenção da Prefeitura de Boituva desde que a nova gestão tomou posse no início do ano foi a Saúde.

Além da atenção na Saúde como um todo, por conta da pandemia foram feitas várias iniciativas no combate ao novo coronavírus.

Houve, por exemplo, um reajuste em 14% no repasse de recursos ao Hospital São Luiz, o que representa um valor mensal de cerca de R$ 1,4 milhão, além dos cerca de R$ 230 mil mensais para custeio do combate específico da Covid-19. No total, foi direcionados o montante de R$ 5.065.545,00 ao hospital.

Entre as principais ações e iniciativas, destacam-se o investimento de R$ 100 mil para um mutirão de exames de imagem e ultrassom, com a realização de 1.100 exames em até 90 dias. O objetivo da primeira fase é diminuir a fila de espera, e posteriormente dar sequência até zerá-la.

Também foram feitos investimentos na aquisição de novos veículos, inclusive três ambulâncias. Com isso foi feito repasse de veículo para a APAC (Apoio ao Paciente com Câncer).

Na área de pessoal, foram contratados mais cinco médicos para atendimento nas UBS do Novo Mundo, Jardim Faculdade e Água Branca.

Também foi feito um repasse ao Hospital São Luiz, de R$ 600 mil, para a abertura de até 10 novos leitos, e tratativa com Iperó para auxílio ao hospital.

Outro foco da administração foi na questão das vacinações. Foi feita a inclusão no consórcio nacional para compra de vacinas.

Com a mobilização da equipe da Saúde para a aplicação da vacinação da Covid-19, foram realizadas

6.398 imunizações na cidade até o momento, sendo 4.857 em primeira dose, e 1.541 na segunda dose.

A Prefeitura também recebeu doação da embaixada de Israel de produtos para uso dos servidores da Saúde, como face shields, totem para álcool em gel, álcool em gel e máscaras.

Por fim, já está em fase de implantação o projeto da Casa de Apoio ao Paciente com Câncer de Jaú.

Foco em desenvolvimento social e também econômico

Boituva faz iniciativas para combater pandemia e melhorar a saúde em geralA Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Cidadania e Inclusão teve um início de gestão repleto de atividades e iniciativas. Foram idealizados vários projetos. Um deles foi o “Vou de Máscara”, que visa a conscientização da população na importância em usar máscara, com distribuição do item de proteção confeccionado nas oficinas do Fundo Social de Solidariedade.

Também foi lançada a Campanha “Boituva Humanizada”, com o objetivo de arrecadar alimentos para as famílias em situação de vulnerabilidade social.

Ofícios estão sendo encaminhados para a aquisição de um veículo a fim de ajudar na distribuição do Kit do idoso e de um veículo para atender melhor as demandas do Conselho Tutelar.

Administração, Desenvolvimento Econômico e Inovação

Assim como o social, as questões envolvendo desenvolvimento econômico e inovações receberam atenção da nova administração.

Um dos objetivos para dinamizar e agilizar os procedimentos burocráticos foi a implantação do Governo Digital, com a adoção do IPTU Digital, ISS Digital e outras taxas nesse formato.

Boituva faz iniciativas para combater pandemia e melhorar a saúde em geralJá para fomentar o emprego e combater a atividade econômica desacelerada por conta da pandemia, foi criado o PAT Eletrônico, com cadastro de currículos on-line para os trabalhadores que buscam uma oportunidade de emprego.

Houve também treinamento de funcionários e otimização dos sistemas.

E também o processo de implantação do Poupatempo na cidade.

Obras: trabalho em recapes, pavimentação e zeladoria

No âmbito da Secretaria de Obras e Serviços Municipais, a Prefeitura de Boituva focou desde janeiro em melhorias de infraestrutura, pavimentação, reformas, manutenções e zeladorias.

Por meio de parcerias ou em processos que estão em tramitação, já foram obtidos R$ 32 milhões, que incluem R$ 10 milhões através do programa Novas Vicinais, para a pavimentação da Estrada Domingos Waldemar Belluci (BTV-030) e R$ 12 milhões destinados para o recapeamento da estrada vicinal Boituva-Cerquilho.

Na área de infraestrutura e zeladoria há exemplos como o Recanto Maravilha (R$ 300 mil), a reforma da Praça Pedro Pinesi (R$ 400 mil), a passagem Novo Mundo e Minha Casa Minha Vida (R$ 500 mil), entre outros.

Boituva faz iniciativas para combater pandemia e melhorar a saúde em geral Parte da verba foi destinada para o recapeamento da estrada vicinal Boituva-Cerquilho. Crédito da foto: Divulgação

Também há sinalização positiva para a retomada das obras do Fórum, em parceria com o Governo do Estado. Outra parceria é com empreendedores para a recuperação da travessia entre o Jardim Parque Ecológico e o Portal dos Pássaros, cuja obra está em andamento.

A recuperação da travessia na rua Maria José de Oliveira Prestes, esquina com a avenida Pedro Eid, por exemplo, teve sua primeira etapa concluída com a instalação de aduelas de concreto.

As obras continuam para recuperar a passagem que está interditada há anos. As próximas etapas contarão com o aterramento e pavimentação do local.

Os serviços seguem um cronograma previamente estabelecido e, inclusive, busca atender as demandas encaminhadas pelos munícipes através dos canais oficiais da Prefeitura.

Houve a criação de projetos de manutenção e zeladoria como Bons Caminhos estradas rurais; Reacendendo Boituva iluminação pública e a Operação Tapa-buracos, que consiste na recuperação das vias urbanas.

Educação tem reforma, benefícios e kit

Boituva faz iniciativas para combater pandemia e melhorar a saúde em geralA Educação foi outra área que recebeu atenção especial da Prefeitura. Entre as principais ações de melhoria estão a obtenção de R$ 900 mil em emendas para a compra de três ônibus escolares. Também foi destinada uma verba de R$ 450 mil para a reforma de prédio que irá abrigar uma ETEC.

Outros pontos relevantes foram a volta do reembolso escolar de 100% e o Kit Merenda, benefício dado a todos os cerca de nove mil alunos da rede municipal de ensino.

Também é importante destacar a reivindicação junto ao Governo do Estado para a retomada das obras da escola do Jardim Paraíso, ao custo de R$ 3 milhões.

Cultura

Na Cultura, foi criada uma nova plataforma de estudos, batizada de “Ambiente da Biblioteca”. Também foi comemorada a chegada de 164 livros através de parceria com a Livraria do Senado Federal. A solicitação dos materiais foi feita pelo Prefeito Edson Marcusso quando de sua visita a Brasília, em fevereiro. A audiência com o coordenador da Gráfica e Biblioteca do Senado, Aloysio Britto, foi intermediada pela Escola do Legislativo da Câmara Municipal de Boituva.

Esportes

Na Secretaria dos Esportes, houve investimentos de cerca de R$ 250 mil para formação esportiva e de atletas, além de mutirão para manter os equipamentos esportivos em condições para uso da população quando voltarem as atividades físicas. Alguns dos programas em andamento são o “Brasil em campo”, “Academia ar livre” e “Pista de Skate”.

Regularização fundiária e finanças

Em reunião virtual, o Governo do Estado comunicou a liberação de ordens de serviço para diversos núcleos habitacionais que estão em processo de regularização. Ao município de Boituva foi comunicado a liberação de R$ 678.946,93 para a continuidade do processo de regularização fundiária que foi iniciado nos bairros Água Branca, Água Branca 13, Gianotti 2, Jerivá 9, Água Salgada, Loteamento Gianotti e Sítio Americana. Também estão em fase de aprovação, 180 unidades habitacionais do CDHU.

Finanças

A Prefeitura Municipal também lançou o programa de orçamento participativo, ferramenta democrática através da qual o poder público permite ao cidadão a possibilidade de fazer sugestões ao orçamento público, no que tange aos investimentos e planos para o município. O documento para a apreciação da comunidade é o PPA-Plano Plurianual que compreende ao orçamento entre os anos de 2022 e 2025 e, serve de base para a LDO -- Lei de Diretrizes Orçamentárias, correspondente ao ano de 2022, tal como a LOA -- Lei Orçamentária Anual.