Economia

Tecsis retoma produção de pás eólicas em Sorocaba

Fabricante reabriu planta na cidade, na avenida Victor Andrew, e emprega cerca de 400 pessoas
Tecsis reiniciou produção em Sorocaba. Crédito da Foto: Pedro Negrão/Arquivo JCS

Desde o segundo semestre do ano passado a Tecsis retomou suas atividades em Sorocaba, quase três anos após encerrar a produção das pás eólicas na cidade. A empresa, que já foi uma das maiores empregadoras no município e teve mais de 10 plantas na cidade, retomou as atividades em uma planta localizada na avenida Victor Andrew, altura do número 2.500.

A empresa foi questionada pelo Cruzeiro do Sul, mas preferiu não se manifestar neste momento. O diretor regional do Ciesp, Erly Domingues de Syllos, confirmou que a Tecsis retomou as atividades na cidade e que a empresa não possui mais sede na Bahia.

“A Tecsis é cliente do Ciesp e retomou sua produção em Sorocaba para atender o mercado externo, mais especificamente os Estados Unidos”, disse. Porém, o Ciesp não possui dados sobre o volume de produção atual na planta local.

Leia mais  Etec Fernando Prestes comemora 90 anos neste domingo

Já a Prefeitura de Sorocaba afirma que a Tecsis conta com 400 empregados no total e que a empresa “vem produzindo esforços para alcançar e ultrapassar os melhores índices de desenvolvimento e atração que Sorocaba já teve”, diz.

Em nota, a Prefeitura disse ainda que a Tecsis “sempre buscou seu viés estratégico para desempenhar suas atividades na cidade. Quando não foi possível em unidades maiores, o fez em unidades menores, sem deixar Sorocaba”, aponta.

Em maio do ano passado, três executivos da empresa estiveram reunidos no Paço Municipal, no gabinete do Executivo, onde falaram sobre a nova fase da Tecsis na cidade. Na ocasião, Fabiano Mori, diretor de operações da empresa, disse que as atividades da Tecsis em Sorocaba recomeçariam ainda no segundo semestre de 2018, em princípio com 250 profissionais contratados, produzindo pás de dimensões menores (24 metros) e alta durabilidade, para exportar a países como Estados Unidos e Espanha.

Leia mais  Inflação para famílias com renda mais baixa fica em 0,15% em maio

“Sorocaba tem uma altíssima capacidade de mão de obra, um imenso potencial produtivo e todas as condições para ajudar a nossa empresa neste novo momento. Fora da China, esta é a cidade que mais produziu pás eólicas para a nossa empresa no mundo. Fizemos mais de 50 mil unidades aqui”, disse Mori no encontro.

O Sindicato dos Químicos de Sorocaba e região também foi questionado para falar sobre o assunto, mas não retornou a solicitação da reportagem. (Ana Cláudia Martins)

Comentários

CLASSICRUZEIRO