Economia

TCU cobra do INSS retorno das perícias

TCU cobra do INSS retomada das perícias
Crédito da foto: Vinícius Fonseca / Arquivo JCS (17/9/2020)

Quase seis meses após vir à tona o impasse entre peritos médicos e o INSS para a retomada do atendimento à população, a ausência de avanço concreto na normalização do serviço levou o Tribunal de Contas da União (TCU) a cobrar novamente do governo proposta para lidar com as restrições impostas pela Covid-19. Soluções paliativas, como o uso de telemedicina, tiveram baixa adesão e se mostraram insatisfatórias: segundo o próprio governo, apenas uma perícia médica foi realizada até hoje com o uso da ferramenta.

Uma das preocupações é que o acúmulo de pedidos de perícia acabe retardando mais o atendimento de quem fez o requerimento em 2021. Há ainda uma agravante: o INSS não tem mais os instrumentos que lhe permitiram, no ano passado, antecipar pagamentos para dar alívio imediato às famílias que precisam dos benefícios.

Em 2020, a necessidade de fechar as agências do INSS devido à pandemia da Covid-19 levou o Congresso Nacional a permitir que o governo concedesse benefícios como auxílio-doença e o BPC (pago a idosos e pessoas com deficiência de baixa renda) de forma antecipada, antes mesmo da realização da perícia médica, procedimento obrigatório para verificar se o cidadão faz jus ao benefício. (Estadão Conteúdo)

Comentários