Economia

Sorocaba cria quase mil empregos em novembro

No País, saldo foi de 99.232 novos postos de trabalho com carteira assinada
Sorocaba cria quase mil empregos em novembro
Comércio gerou 961 vagas na cidade no mês passado. Crédito da foto: Emidio Marques / Arquivo JCS (7/8/2019)

Assim como no País, o comércio impulsionou a criação de empregos formais em Sorocaba no mês de novembro. Foram 961 novas vagas no município neste setor, principalmente pela contratação de temporários para as vendas de Natal.

No geral, o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia, informa um saldo positivo de 987 postos de trabalho em Sorocaba no mês passado. É o terceiro mês seguido de resultado positivo. Em outubro, o saldo foi positivo em 749 empregos.

Depois do comércio, o setor que mais contratou na cidade foi de serviços (68), seguido por construção civil (32). Indústria e administração pública demitiram, com 59 e 20 respectivamente. No ano, o saldo geral de Sorocaba é positivo em 3.140 vagas. Mas nos últimos 12 meses, o número é menor: 1.874.

Leia mais  Receita paga hoje restituição do lote residual do Imposto de Renda

O setor de serviços foi o principal na criação de empregos na cidade em 2019, com 2.488 vagas, e a indústria demitiu mais, eliminando 1.089 empregos.

No Brasil, o mercado de trabalho brasileiro criou 99.232 empregos com carteira assinada em novembro, oitavo mês consecutivo de abertura de vagas e o melhor resultado para novembro desde 2010, quando foram abertas 138.247 postos de trabalho.

O saldo de novembro decorre de 1,291 milhão de admissões e 1,192 milhão de demissões. Em novembro do ano passado, houve abertura líquida de 58.664 vagas, na série sem ajustes.

O resultado de novembro ficou bem acima do intervalo das estimativas de analistas do mercado financeiro consultados pelo Projeções Broadcast. As projeções eram de abertura de 30.471 a 67.800 vagas, com mediana positiva de 49.000 postos de trabalho.

Leia mais  Programa para fazer Declaração do Imposto de Renda já está disponível

No acumulado de janeiro a novembro de 2019, o saldo do Caged foi positivo em 948.344 vagas no País, o melhor desempenho para o período desde 2013, quando a abertura de vagas chegou a 1,546 milhão, na série com ajustes. Em 12 meses até novembro, houve abertura de 605.919 postos de trabalho.

O resultado do mês foi puxado pelo comércio, que gerou 106.834 postos formais, seguido pelo setor de serviços, que abriu 44.287 vagas.

O desempenho de comércio e serviços compensou o fechamento de vagas em praticamente todos os outros setores da economia no mês. A indústria fechou 24.815 vagas, seguida por agropecuária (-19.161), construção civil (-7.390), administração pública (-652) e extração mineral (-290). (Da Redação, com informações  de Estadão Conteúdo)

Comentários