Economia

Repasse de ISS de pedágios a municípios cai 8% no semestre

Com a pandemia e limitações de mobilidade, o tráfego nas rodovias do Estado recuou significativamente, justificando a redução
Repasse de ISS de pedágios a municípios cai 8% no semestre
Cidades da região de Sorocaba receberam R$ 38 milhões. Crédito da foto: Emidio Marques / Arquivo JCS (5/7/2019)

O Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISS-QN) contemplado no Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo rendeu R$ 235 milhões em repasses a 283 municípios no primeiro semestre deste ano.

O valor representa uma queda de 8,9% na comparação com janeiro a junho do ano passado, informou ontem a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp).

Com a pandemia e limitações de mobilidade, o tráfego nas rodovias do Estado recuou significativamente, justificando a redução. O repasse é feito proporcionalmente à extensão das rodovias sob concessão que atravessam o município.

“O repasse desse recurso representa um importante reforço de caixa mensal para os municípios e a garantia de investimentos em melhorias nos serviços públicos prestados à população. Em um cenário pandêmico, como este que estamos vivendo, esse repasse pode ser uma grande contribuição para o serviço de saúde municipal, por exemplo”, afirma Milton Persoli, diretor-geral da Artesp.

A quantia repassada movimenta a economia de 283 cidades, divididas em 15 regiões administrativas ao longo dos 10,8 mil quilômetros de malha concedida no Estado.

Leia mais  Comprar vacina para funcionário será proibido, diz governo

As regiões de Campinas, Grande são Paulo e Sorocaba são as que mais receberam recursos para os seus respectivos municípios. Na Região Administrativa de Sorocaba, a queda foi praticamente a mesma do Estado de São Paulo, passando de R$ 42.036.891,88 no primeiro semestre de 2019 para R$ 38.375.338,05 no primeiro semestre de 2020. (Estadão Conteúdo e Redação)

Comentários