Economia

Presidente do BC critica contrapartida fiscal

Presidente do BC critica contrapartida fiscal
Presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. Crédito da foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil (20/11/2019)

Questionado ontem (9), sobre o debate para uma nova rodada de auxílio emergencial, fora do teto de gastos, o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, repetiu que não há nenhum espaço para novas medidas fiscais sem que haja contrapartida fiscais. “É preciso tomar ações para que a dívida não continue crescendo. A reação dos mercados nos mostra que a fragilidade fiscal pesa mais do que os eventuais benefícios de se colocar mais dinheiro na economia. Pode acabar tendo o efeito contrário, de contração da economia”, afirmou. (Estadão Conteúdo)

Comentários