Economia

Operação da Receita identifica sonegação de R$ 1 bi no setor de café

Operação da Receita identifica sonegação de R$ 1 bi no setor de café
Crédito da foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Uma operação chamada “Expresso”, da Receita Federal e da Polícia Civil do Paraná, foi deflagrada ontem para desmantelar gigantesco esquema de sonegação do setor de café e crimes relacionados. Foram cumpridos 220 mandados judiciais, sendo 35 de prisão temporária, 124 de busca e apreensão e 61 de sequestro de bens, nos Estados do Paraná, Minas Gerais, São Paulo e Espírito Santo.

Trata-se da “maior operação de combate a fraudes tributárias do setor de café já realizada nos quatro Estados, e que identificou que envolvidos devem mais de R$ 1 bilhão em impostos estaduais e federais”, informou a Receita, em comunicado.

Resultado de investigações iniciadas há mais de dois anos pela Polícia Civil do Paraná e de trabalhos anteriores da Receita Federal e da Receita Estadual de Minas Gerais, a força-tarefa tem como objetivo desmantelar um grande esquema criminoso de sonegação de impostos e creditação indevida de ICMS na compra e venda de café em grão cru decorrente de comercializações interestaduais.

Leia mais  Produção de petróleo recua em fevereiro

Os alvos da operação são pessoas físicas e empresas, diz a Receita Federal. Entre estes, grandes atacadistas e corretores de café em grãos do Paraná, além de transportadores, proprietários e representantes de torrefações paranaenses conhecidas no ramo cafeeiro nacional. (Estadão Conteúdo)

Comentários