Economia

Movimento no comércio sobe 2,6% em fevereiro

Movimento no comércio sobe 2,6% em fevereiro
Desempenho do varejo foi divulgado ontem pela Boa Vista. Crédito da foto: Fábio Rogério / Arquivo JCS (6/3/2021)

A taxa que mede o desempenho do comércio varejista brasileiro cresceu 2,6% em fevereiro, após queda de 2,5% em janeiro deste ano, com ajuste sazonal, informa a Boa Vista. Contudo, na comparação com o segundo mês de 2020, houve declínio de 2,00%. Além disso, o Indicador Movimento do Comércio acumula queda de 5,4% em 12 meses finalizados em fevereiro.

A tendência, diz a entidade, é de atividade reprimida, devido às novas restrições sociais impostas para tentar conter a disseminação do novo coronavírus. “O mês de março deve vir fraco, acentuando um pouco mais a queda em 12 meses acumulados”, estima.

A despeito do crescimento mensal, o comércio ainda sofre os efeitos da pandemia de Covid-19 e o cenário atual continua sendo de fragilidade da atividade econômica, cita, em nota, a Boa Vista. Mesmo reconhecendo um aumento na participação das vendas on-line sobre o varejo total ao longo dos últimos meses, esse valor representa ainda, aproximadamente, 10% de todo o volume, observa. Deste modo, explica, o crescimento “não foi capaz de evitar a fragilização do comércio provocada pela crise do novo coronavírus, embora tenha contribuído para amenizar a queda na análise de longo prazo.”

Leia mais  Crédito imobiliário quase dobra em fevereiro

Para a Boa Vista, o recuo do indicador em fevereiro ante igual mês de 2020 não surpreende, dado que os fatores condicionantes entre os períodos são muito distintos. (Estadão Conteúdo)

Comentários