Economia

IBGE sofre corte de 90% no orçamento do censo

A Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2021 reduziu o orçamento do Censo Demográfico de R$ 2 bilhões para R$ 71 milhões
IBGE sofre corte de 90% no orçamento do censo
Crédito da foto: Agência Brasil / Arquivo

Após ver o orçamento deste ano destinado para o Censo Demográfico reduzido em “quase 90%”, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou nesta sexta-feira (26) que “solicitará orientações ao Ministério da Economia sobre os procedimentos no tocante à operação censitária”. Na prática, a redução inviabiliza a realização do Censo neste ano, após a pesquisa já ter sido adiada em um ano.

A Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2021, aprovada na quinta-feira, na Comissão Mista de Orçamento (CMO) do Congresso Nacional, reduziu o orçamento do Censo Demográfico de R$ 2 bilhões para R$ 71 milhões.

Um dia após o corte no orçamento para o censo, a presidente do IBGE, Susana Cordeiro Guerra, pediu exoneração do cargo. No pedido, ela alegou “motivos pessoais e de família”. Susana é formada em Harvard e fez doutorado no Massachusetts Institute of Technology (MIT). Também já trabalhou como economista do Banco Mundial.

Comentários