Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

GM coloca funcionários em lay-off por falta de peças

02 de Março de 2021

GM coloca funcionários em lay-off por falta de peças Crédito da foto: AFP Photo / General Motors (10/2/2021)

A General Motors vai suspender por dois meses um turno de trabalho na fábrica do Vale do Paraíba (SP) e colocar 600 trabalhadores em lay-off (suspensão temporária de contratos). O motivo é a falta de componentes para a produção, especialmente eletrônicos. É a segunda planta do grupo a adotar a medida.

O mesmo ocorrerá em Gravataí (RS), onde trabalhadores entraram em férias coletivas ontem e, na sequência, uma parte deles ficará em lay-off. A Honda também suspendeu ontem a produção em Sumaré (SP) e ficará parada por dez dias.

A GM informou ontem a dirigentes do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos ter peças para manter a produção em dois turnos só até dia 8. A unidade produz a picape S10 e o SUV Traiblazer. O complexo de São José dos Campos emprega cerca de 3,5 mil trabalhadores e já tem um grupo de 368 funcionários em lay-off há quase um ano, com retorno previsto para 8 de abril.

Na planta de São Caetano (SP), onde são feitos os modelos Tracker, Onix Joy, Montana e Spin não há conversas, no momento, sobre paradas. (Estadão Conteúdo)