Economia

Escolas particulares têm reajuste de até 6%

Em Sorocaba, no entanto, a Sieesp estima aumentos ainda maiores
Crédito da foto: Pxhere

 

Os reajustes das mensalidades escolares no Estado em 2020 devem ficar entre 3% e 6%, segundo estimativa do Sindicato das Escolas Particulares de São Paulo (Sieesp). Em Sorocaba, no entanto, a entidade estima aumentos ainda maiores já que nos últimos três anos a cidade teve um aumento de 45% nas mensalidades, contra 29% no Estado no mesmo período.

Segundo levantamento da plataforma digital “Melhor Escola”, um boleto de uma creche que em 2017 custava em média R$ 775 na cidade, em 2020, passou a ser R$ 1.122. Ainda conforme a pesquisa, quando analisado os valores praticados nas outras etapas da educação básica, Sorocaba segue apresentando um aumento médio superior ao do Estado como um todo.

Com o aumento das mensalidades, muitos pais são obrigados a mudar os filhos de escola e, em algumas situações optam por matriculá-los em uma escola pública.

Leia mais  Supermercados acusam indústria de alterar preço

Nos últimos três anos, as mensalidades escolares tiveram um aumento de 25% no ensino fundamental 1 e 2, e de 38% no ensino médio, contra, respectivamente, 19% e 22% no restante do Estado.

De acordo com a plataforma “Melhor Escola”, os cálculos foram realizados considerando a variação das mensalidades de todas séries e etapas das escolas disponíveis no site, mostrando os resultados referentes ao Estado, além de um recorte específico da cidade de Sorocaba.

Uma das alternativas para os pais que buscam preços mais em conta são as plataformas para bolsas de estudos. O site “Melhor Escola”, por exemplo, conta com mais de 4,5 mil escolas parceiras, desde creches até o ensino médio. Há outras plataformas existentes como o “Quero Bolsa” e o “Educa Mais Brasil”. (Da Redação)

Comentários