Economia

Empresa de Salto vai ampliar produção de cogumelos orgânicos

A coluna Espaço Corporativo traz ainda informações sobre o Sebrae, além de uma parceria entre CPFL Energia e Magalu
Empresa de Salto vai ampliar produção de cogumelos orgânicos
A empresa distribui sete tipos de cogumelos orgânicos e funcionais para todo o Brasil. Crédito da foto: Reprodução / Zucca Cogumelos

A Zucca Alimentos, de Salto, anunciou investimentos de R$ 3 milhões para ampliar a produção. A empresa distribui sete tipos de cogumelos orgânicos e funcionais para todo o Brasil. A empresa tem como clientes Carrefour, Pão de Açúcar e Walmart. Atualmente são 60 funcionários e produção mensal de 25 toneladas. O processo de ampliação prevê o investimento em infraestrutura e deve aumentar em até seis vezes a produção.

Desconto em geladeiras

A CPFL Energia e o Magalu se uniram em uma campanha que oferece desconto para os clientes residenciais na compra de refrigeradores mais eficientes. Por meio da ação Desconto Eficiente, que faz parte do Programa de Eficiência Energética da Aneel coordenado pela distribuidora, as empresas vão investir mais de R$ 25 milhões para oferecer 23 mil novas geladeiras do modelo Inverter das marcas Samsung e Panasonic, que consomem, em média, 45% menos energia em relação a um refrigerador novo convencional.

 

No momento da compra, o cliente deve informar os seus dados cadastrais da CPFL. O consumidor deverá se comprometer a entregar o aparelho antigo que tem em casa, que será reciclado.

Além disso, ele deverá também entregar na loja, cinco lâmpadas fluorescentes, que serão trocadas por modelos de LED. Qualquer cliente com a conta em dia já terá 25% de desconto.

Os adimplentes que recebam a fatura mensalmente por e-mail terão 30% de desconto. Já os clientes que atendam os critérios anteriores e que tenham, ainda, a Tarifa Social de baixa renda receberão 50% de desconto.

Negócios promissores

O estudo “Negócios Promissores em 2020”, do Sebrae, indica os segmentos mais promissores para os pequenos negócios. No setor de serviços, as expectativas são positivas para serviços pessoais, serviços prestados às empresas e nas áreas de saúde, educação e transporte.

Nos segmentos que atendem às necessidades básicas da população, continuam em alta comércio de alimentos e alimentação fora do lar (restaurantes e marmitas). O estudo pode ser acessado no site do Sebrae. (Da Redação)

Comentários