Economia

Embraer tem prejuízo de R$ 2,4 bilhões em 2020

Embraer tem prejuízo de R$ 2,4 bilhões em 2020
Crédito da foto: Divulgação

Sofrendo com a crise da Covid-19, a Embraer registrou prejuízo líquido ajustado de R$ 2,4 bilhões em 2020. No ano anterior, o prejuízo da empresa havia ficado em R$ 862,7 milhões.

O resultado negativo da fabricante de aeronaves decorreu, sobretudo, da debilidade dos negócios da aviação executiva. A Embraer entregou, no ano passado, 44 aeronaves para empresas aéreas, que, em geral, congelaram suas encomendas por causa da pandemia. Em 2019, haviam sido 89 entregas. Com isso, a receita líquida do braço de aviação comercial da Embraer ficou em R$ 5,8 bilhões, uma queda de 35% na comparação com o ano anterior.

A aviação executiva e a de defesa tiveram desempenhos melhores. A primeira teve receita líquida de R$ 5,6 bilhões, quase no mesmo patamar registrado em 2019. A segunda, de R$ 3,4 bilhões, com crescimento de 52%. Já o segmento de serviços e suporte da Embraer recuou 4,2 %, com R$ 4,7 bilhões.

Leia mais  Margem de consignado de aposentado vai a 40%

Em teleconferências com analistas e jornalistas, o presidente da Embraer, Francisco Gomes Neto, afirmou na sexta-feira que novas vendas de aeronaves dependem da velocidade da vacinação ao redor do mundo. (Estadão Conteúdo)

Comentários