Economia

Economia pode contrair com prorrogação de auxílio, diz Campos Neto

Economia pode contrair com prorrogação de auxílio, diz Campos Neto
Presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. Crédito da foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil (20/11/2019)

Uma eventual prorrogação dos auxílios criados durante a pandemia de Covid-19 pode ter o efeito contrário sobre a economia e resultar em contração e fuga de investimentos, disse ontem o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto. Segundo ele, o lançamento de um programa que aumente os gastos públicos pode inibir, em vez de favorecer o crescimento.

“Estender mais os auxílios agora pode significar menos (efeitos positivos). Foi o teto de gastos que nos permitiu gastar mais na pandemia. Assim que se começou a questionar o teto, o mercado reagiu imediatamente nos preços dos ativos”, disse Campos Neto. (Agência Brasil)

Comentários