Covid-19 Economia

Bolsonaro diz que sancionará até quarta o projeto de socorro aos Estados

Presidente desconversou sobre a possibilidade de pagar a primeira parcela do auxílio já neste mês
Nomes de quem recebeu auxílio serão publicados
Em reunião com os 27 governadores, na semana passada, o presidente afirmou que sancionaria o projeto “o mais rápido possível acertando pequenos ajustes técnicos”. Crédito da foto: Marcelo Casal Jr. / Agência Brasil (12/5/2020)

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira (26) que deve sancionar entre hoje e amanhã o projeto de socorro financeiro a Estados e municípios. Questionado se, com a sanção do projeto, a primeira parcela do auxílio financeiro já seria paga aos entes ainda neste mês, o presidente desconversou e atribuiu a responsabilidade ao ministro da Economia, Paulo Guedes.

“Aí é com o posto Ipiranga Paulo Guedes”, declarou. Nesta terça-feira, o presidente tem reunião com prevista com Guedes e Salim Mattar, secretário especial de Desestatização e Desinvestimento.

Para sancionar o projeto, Bolsonaro aguarda solucionar a situação de um concurso da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de 2018. Cerca de 600 aprovados remanescentes pedem sua nomeação, que extrapola a quantidade prevista originalmente no edital da prova.

Em reunião com os 27 governadores, na semana passada, o presidente afirmou que sancionaria o projeto “o mais rápido possível acertando pequenos ajustes técnicos”. O prazo para sancionar o texto acaba nesta quarta-feira.

Até amanhã sai (a sanção). Estamos resolvendo aqui a questão dos concursados da PRF para que não haja dúvidas. Uma vez sancionado não sejam prejudicados”, disse Bolsonaro nesta manhã na saída do Palácio da Alvorada. Segundo o presidente, a situação do concurso já “parece que está resolvida”. (Estadão Estadão)

Comentários