Economia

Bolsas da Europa fecham em baixa, com quadro global pesando e euro forte

O índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em queda de 0,31%, em 366,15 pontos
Maioria das Bolsas da Europa fecha em queda
Notas e moedas de Euro. Crédito da foto: Pxhere

As bolsas europeias fecharam em território negativo nesta segunda-feira (27) com exceção de Frankfurt, que ficou estável. Além de certa cautela com o quadro global, diante de novos surtos da Covid-19 que podem atrapalhar a retomada econômica, influenciou a força do euro, que pressiona ações de exportadoras do continente.

O índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em queda de 0,31%, em 366,15 pontos. As praças abriram em baixa, de olho nas tensões recentes entre Estados Unidos e China, por seus possíveis impactos para a economia global.

A disseminação da pandemia também continuava no radar. Em relatório, o Commerzbank alertou nesta segunda-feira para “o risco claro de uma segunda onda” de casos da doença na Alemanha.

Melhora

Ainda assim, o quadro nas bolsas europeias melhorou após um dado do país. O índice Ifo de sentimento das empresas da Alemanha subiu a 90,5 em julho, acima da previsão de 89,0 dos analistas ouvidos pelo Wall Street Journal. O impulso nas ações, porém, não teve fôlego.

No câmbio, o euro continuou a mostrar força, enquanto a libra também avançou ante o dólar – isso pressiona papéis de exportadoras da região. A Western Union afirma em relatório que a divisa americana atingiu mínima em quase dois anos frente ao euro, destacando a continuidade da onda de novo coronavírus nos EUA, em um quadro de mais otimismo na Europa, ajudado pelo dado alemão desta segunda.

Em vários centros da Europa

Na Bolsa de Londres, o índice FTSE 100 fechou em baixa de 0,31%, em 6.104,88 pontos. A ação da BP perdeu 1,24%, com o petróleo pressionado, e entre os bancos Lloyds caiu 2,68%.

Em Frankfurt, o índice DAX fechou estável, em 12.838,66 pontos. Deutsche Lufthansa teve queda de 5,06%, com dúvidas sobre a perspectiva para o setor de viagens. Entre os bancos alemães, Deutsche Bank caiu 2,26% e Commerzbank, 0,72%.

 

Na Bolsa de Paris, o índice CAC 40 registrou baixa de 0,34%, a 4 939,62 pontos. Em Milão, o índice FTSE MIB fechou em queda de 0,28%, em 20 019,96 pontos, com Telecom Italia em baixa de 5,00%.

O índice IBEX 35, da Bolsa de Madri, caiu 1,70%, a 7.170,60 pontos. Em Lisboa, o índice PSI 20 cedeu 0,89%, a 4.452,41 pontos. (Estadão Conteúdo)

Comentários