Buscar no Cruzeiro

Buscar

Luto

Sertanejo Maurílio morre em Goiânia

30 de Dezembro de 2021 às 00:01
Cruzeiro do Sul [email protected]
Cantor estava internado por tromboembolismo pulmonar.
Cantor estava internado por tromboembolismo pulmonar. (Crédito: DIVULGAÇÃO)

O cantor Maurílio, conhecido por formar dupla com a cantora Luiza, morreu na tarde desta quarta-feira, 29, em um hospital de Goiânia. Ele tinha 28 anos e estava internado depois de sofrer as consequências de uma doença chamada tromboembolismo pulmonar. Maurílio estava internado desde a madrugada de 15 de dezembro. Ele passou mal durante a gravação de um DVD, quando caiu no palco e foi socorrido pelo produtor e por Luiza.

Um boletim médico já havia informado que Maurílio havia tido uma piora no quadro clínico nas últimas 12 horas. O médico, Wandervan Azevedo, informou que ele chegou a ter três paradas cardíacas e precisou ser sedado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Tromboembolia pulmonar é a uma obstrução dos vasos da artéria pulmonar. A ocorrência provoca um coágulo que pode ir para o pulmão, coração ou cérebro, bloqueando o fluxo do sangue nesses lugares.

Maurílio sofreu uma lesão renal e passou a ser submetido à hemodiálise. No dia 17, a sedação foi suspensa para os médicos avaliarem suas a condições neurológicas e, no dia depois, o hospital informou que ele vinha melhorando. Um dia depois, passou a respirar espontaneamente e a esposa, Luana Ramos, chorou de emoção ao vê-lo melhor. Mas seu quadro começou a piorar. Os problemas respiratórios chegaram no domingo, remédios foram trocados, e, na terça, Maurílio teve mais dificuldades, até seu quadro se tornar irreversível.

Maurílio Ribeiro é de Imperatriz, cidade do Maranhão, e Luiza é de Belo Horizonte (MG). Eles formaram a dupla sertaneja em 2016. Se conheceram no dia em que ela estava passando férias em Imperatriz e o chamou ao palco para cantarem juntos durante o aniversário de uma amiga dos dois. Eles ficaram conhecidos cantando a música S de Saudade, que conta com a participação de Zé Neto e Cristiano.

A doença chamada tromboembolismo pulmonar se refere a disfunção provocada por dois fenômenos: sangue coagulado e ‘embolia‘, algo que se movimenta pela corrente sanguínea. A maioria dos casos se origina nos membros inferiores, sobretudo nas pernas. (Da Redação com Estadão Conteúdo)