Buscar no Cruzeiro

Buscar

Cultura

‘Murina’, de Antoneta, será exibido em Cannes

09 de Junho de 2021 às 00:01
Da Redação com Estadão Conteúdo
Longa foi feito em parceria entre a brasileira RT Features com Scorsese.
Longa foi feito em parceria entre a brasileira RT Features com Scorsese. (Crédito: DIVULGAÇÃO)

Primeiro longa da cineasta croata Antoneta Alamat Kusijanovic e com produção de Martin Scorsese por meio da Sikelia Productions e da brasileira RT Features, de Rodrigo Teixeira, “Murina” foi selecionado para a Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes.

O filme acompanha a relação entre a adolescente Julija e Ante, seu opressivo pai, que se tensiona ao limite quando um velho amigo da família chega em sua casa insular na Croácia. Enquanto Ante tenta fechar um negócio que vai mudar suas vidas, Julija, incomodada com a vida pacata e isolada que levam, busca mudanças por meio do visitante que traz consigo um gosto de liberação em um fim de semana cheio de desejo e violência.

“Murina” foi desenvolvido com o apoio do Festival de Cannes Résidence, Cinéfondation, First Films First do Ghoethe-Institute e o Jerusalem Film Lab.

“Murina” é o segundo filme da RT Features no Festival de Cannes 2021. Na quinta-feira, 3, foi anunciada a seleção oficial, com os filmes que vão concorrer à Palma de Ouro, e “Bergman Island”, dirigido por Mia Hansen Love e coproduzido pela empresa de Rodrigo Teixeira estava entre eles. E é o terceiro filme da parceria com Martin Scorsese. Os outros são “Ciganos da Ciambra”, de Jonas Carpignano, de 2017, que também foi exibido na Quinzena dos Realizadores, e “Port Authority”, de 2019, que estreou na mostra Un Certain Regard, de Cannes.

O Festival de Cannes será realizado entre os dias 6 e 17 de julho, com a presença do público. O “Marinheiro das Montanhas”, novo filme de Karim Aïnouz, terá uma exibição especial no evento francês. (Da Redação com Estadão Conteúdo)