Covid-19 Cultura Sorocaba e Região

Lanchonete de Votorantim promove ‘live solidária’ com dupla sertaneja

Clientes poderão encomendar produtos do cardápio pelo sistema delivery e “pagar” mediante troca por alimentos não-perecíveis
Os mantimentos serão destinados a famílias de bairros adjacentes que estão em situação de vulnerabilidade social. Crédito da foto: Reprodução / Facebook

Levar música, diversão e opções gastronômicas nas casas dos clientes que estão respeitando o isolamento social por causa do novo coronavírus e, ao mesmo tempo, arrecadar alimentos para famílias carentes de Votorantim. Esses são os objetivos da “Live solidária”, projeto idealizado pela lanchonete Parada 32, que ocorre nesta sexta-feira (17) à noite.

A partir das 20h30, a dupla sertaneja Neto & Henrique fará um show com transmissão ao vivo na página do Facebook da lanchonete. Simultaneamente, os clientes poderão encomendar produtos do cardápio pelo sistema delivery e “pagar” mediante troca de produtos não-perecíveis como arroz, feijão e macarrão. Os mantimentos serão destinados a famílias de bairros adjacentes que estão em situação de vulnerabilidade social.

Segundo Rodolfo Amaro Silva, proprietário da lanchonete, uma tabela com o valor de referência dos produtos para a base de troca será divulgada hoje nas redes sociais do estabelecimento, que fica na rua Sebastião Lopes, 285, no Centro.

Inspirado no sucesso de shows ao vivo de grandes nomes da música sertaneja que têm quebrado a internet nas últimas semanas e já ganharam a alcunha de “super live” – algumas deles com caráter beneficente –, Rodolfo decidiu replicar a iniciativa em nível regional, convidando artistas que se apresentam regularmente em seu estabelecimento.

Olá Pessoas lindas, sexta feira teremos nossa Live Solidária, estaremos trocando alguns de nossos produtos como cerveja,…

Publicado por Parada 32 em Quarta-feira, 15 de abril de 2020

No entanto, em vez de pedir doação de dinheiro, preferiu decidiu trocar sanduíches e porções, por exemplo, por produtos da cesta básica. “Ainda não tenho uma meta [de arrecadação], mas a ideia foi bem aceita e já começou um movimento bem bacana. Acho que é porque a turma já está com saudades”, comenta.

A ação tem mobilizado alguns clientes que já se dispuseram a atuar como voluntários, antecipando doações e ajudando no mapeamento das famílias mais necessitadas de Votorantim.

A lanchonete é conhecida por ter uma programação musical eclética, com apresentações ao vivo de sertanejo às sextas, pop rock aos sábados e samba e pagode aos domingos. Aliás, desde que foi inaugurado, há três anos, o local recebe edições mensais do projeto Pagode Solidário, cuja a entrada é um litro de leite, revertido a instituições beneficentes de Votorantim. A depender do resultado da Live Solidária de hoje, uma nova edição, com grupos de samba e pagode, deve ocorre no dia 3 de maio.

Crise e solidariedade

Proprietários e funcionários de bares, restaurantes e lanchonetes, bem como os músicos, foram os primeiros a sentirem os efeitos econômicos do isolamento social em função da pandemia do novo coronavírus. Assim como a dupla Neto & Henrique, que se apresentava quinzenalmente no Parada 32 e teve a agenda de shows toda cancelada por tempo indeterminado, Rodolfo sentiu os prejuízos na pele. Precisou dispensar 13 colaboradores que tinha para ficar com apenas um. “É muito difícil”, lamenta.

O prejuízo só não foi maior porque o estabelecimento inaugurado há três anos adotou o sistema delivery, que, segundo o proprietário, representa cerca de 10% do faturamento antes da pandemia. Apesar da crise econômica, Rodolfo mantém o otimismo e afirma que a proteção à saúde de todos e o exercício de solidariedade são prioridades neste momento.

“É claro que a gente sentiu o impacto, mas isso tudo vai passar e quando passar e as coisas vão se normalizar para a gente também. Nessa hora é importante ajudar quem mais está precisando. Tem gente que está numa situação mais difícil que a nossa”, complementa.

Comentários