Cultura Mais Cruzeiro

Kiko Shred é atração principal do evento Brazilian Metal Force

No show em Sorocaba, Kiko Shred apresentará músicas de seu terceiro álbum, intitulado “Royal Art”
Kiko Shred é atração principal do evento Brazilian Metal Force
O guitarrista apresentará músicas de seu terceiro álbum, intitulado “Royal Art”. Crédito da foto: Divulgação

Um dos guitarristas brasileiros de heavy metal mais virtuosos da nova geração, Kiko Shred será a atração principal do Brazilian Metal Force, evento que acontece neste domingo (23), às 16h, no Bar 566 Ashby – Espetinhos (rua Saliba Mota, 26). A programação contará, ainda, com shows da banda gaúcha Gueppardo e as sorocabanas Gallaxy e Valveline. Os ingressos custam R$ 30 e estarão à venda no local.

Guitarrista natural de Americana (SP), Kiko Shred iniciou oficialmente a carreira solo com o álbum “Riding the storm”, lançado em 2015, no mesmo período que passou a integrar oficialmente a banda latino-americana do ex-vocalista do Judas Priest, Tim “Ripper” Owens. Em 2017, o instrumentista lançou seu segundo álbum intitulado “The stride”, intensificando as turnês internacionais. Em 2018, Kiko excursionou pelo México acompanhando o vocalista Michael Vescera (ex-integrante das bandas de Yngwie Malmsteen, Loudness e Dr. Sin).

Leia mais  Joelma revela ter sequelas da Covid

No show de amanhã em Sorocaba, Kiko Shred apresentará músicas de seu terceiro álbum, intitulado “Royal Art”, lançado 2018 com produção de Andria Busic (Dr. Sin). A banda do guitarrista é composta por Mario Pastore (vocal), Will Costa (baixo) e Lucas Tagliari (bateria).

Formada em 2007, em Porto Alegre (RS), com a proposta de fazer heavy metal autoral, a Gueppardo é composta por Pery Rodriguez (guitarra), Mauricio Osório (vocal), Léo Sarmento (bateria) e Rafael Yadek (baixo). Atualmente, o grupo se encontra em estúdio trabalhando no sucessor de “Fronteira final”, que vai contar com releituras das músicas produzidas para o EP de estreia “Instinto animal”, além de faixas inéditas.

O Brazilian Metal Force terá ainda a participação de duas bandas sorocabanas: a Gallaxy e a Valveline. Com 10 anos de estrada, a Gallaxy tem influências do hard rock das décadas de 1970 e 1980, como Whitesnake, Def Leppard e Twisted Sister, e é composta por Fabio Silva (vocal), Fabrício Matos (baixo), Eric Motta (guitarra), Alan Aquino (guitarra) e Vinny Bassanino (bateria).

Leia mais  Paulo Gustavo segue na UTI por Covid-19

Já a Valveline, banda criada em 2011 e que já se apresentou em festivais como Circadélica, Araraquara Rock, Grito Rock, Die Fight, Live To Rock e Conexão Metal, é formada por Heitor Rosa (vocal), Marcelo Betti (guitarra), Hugo Ferraz (baixo) e Theo Queiroz (bateria). (Felipe Shikama)

Comentários