Brasil Cultura

Jornalista Hélio Fernandes morre no Rio de Janeiro, aos 100 anos

Jornalista Hélio Fernandes morre no Rio de Janeiro, aos 100 anos
Hélio Fernandes morreu em casa. Crédito da foto: Divulgação

Morreu na madrugada de ontem, aos 100 anos, o jornalista Hélio Fernandes. Nome histórico da imprensa brasileira, ele estava em casa, no Rio, ao lado das duas filhas. Segundo uma delas, a fotógrafa Ana Carolina Fernandes, era assim que ele queria morrer. Não houve uma causa exata para o óbito.

Preso diversas vezes durante a ditadura militar, Hélio comandou a Tribuna da Imprensa, jornal fundado pelo amigo Carlos Lacerda, ex-governador do então Estado da Guanabara. As detenções se deram após críticas ao regime.

Irmão de Millôr Fernandes, Hélio trabalhou em vários outros locais antes de assumir a Tribuna.

Mesmo aos 100 anos, o jornalista se mantinha lúcido e tinha uma conta no Facebook. Recentemente, foi protagonista do documentário “Confinado”, que conta sua trajetória e a experiência nas prisões. (Estadão Conteúdo)

Comentários