Cultura

Jornalismo das periferias de São Paulo é tema de livro

Jornalismo das periferias de São Paulo é tema de livro
Mara Rovida fará live hoje para lançamento do livro. Crédito da foto: Divulgação

Resultados de uma pesquisa realizada com jornalistas e produtores comunicacionais que atuam em bairros periféricos das cidades da Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) são apresentados em livro de Mara Rovida, professora do curso de jornalismo e da pós-graduação em Comunicação e Cultura da Universidade de Sorocaba (Uniso) que será lançado hoje, em uma live, às 19h.

Intitulado “Jornalismo das periferias: o diálogo social solidário nas bordas urbanas”, o trabalho acadêmico é permeado por narrativas produzidas pela autora durante a pesquisa de campo. “A pesquisa foi feita com base naquilo que a gente chama de abordagem etnográfica, isso significa que eu fui aos lugares, ouvi as pessoas, observei e anotei tudo num caderninho. Depois, quando voltava para casa, escrevia uma espécie de diário com tudo que tinha acontecido naquele dia”, explica a professora.

Essa forma de fazer pesquisa, segundo ela, gera uma longa narrativa que acaba servindo como diretriz da reflexão teórica. Por isso, o livro conta com páginas e páginas de textos que mais se assemelham a contos ou crônicas, ao lado de passagens mais teóricas.

O objetivo da pesquisa, de acordo com Mara Rovida, é compreender melhor quem são esses jornalistas que atuam em veículos de comunicação cujo foco é a cobertura dos bairros periféricos, a partir das perspectivas de quem vive nesses lugares. “Eles atuam em coletivos de maneira engajada com o território, por isso as narrativas jornalísticas por eles produzidas têm como enquadramento um olhar comprometido com a experiência de quem faz parte desses lugares. Isso é apresentado, inclusive, como linha editorial, já que são agências, produtoras e sites jornalísticos”, pontua.

O número de grupos e coletivos produzindo jornalismo fora do chamado circuito tradicional de mídia vem crescendo nos últimos anos. Esse dado, discutido pela pesquisadora, mostra uma tendência com implicações não apenas no mercado da comunicação, como também nas condições de trabalho dos comunicadores. Ainda que a pesquisa, por ser formatada como um trabalho de campo, tenha como área de abrangência uma parte dos 39 municípios que compõem a RMSP, o jornalismo das periferias é apresentado como um fenômeno em efervescência em todo o Brasil.

Lançamento on-line

Por conta da pandemia, a tradicional sessão de autógrafos será substituída por encontros virtuais. O evento de lançamento ocorre hoje, a partir das 19 horas, em uma live organizada por Gilberto Silva, editor da Revista Partes e membro do Grupo de Pesquisa Comunicação e Sociedade do Espetáculo da Faculdade Cásper Libero. Na ocasião, a autora e pesquisadores do grupo farão uma discussão coletiva sobre o tema do livro e os internautas poderão fazer perguntas. Para acompanhar, basta acessar os canais youtube.com/user/revistapartes ou facebook.com/vitrinedogiba.

Interessados em adquirir a obra devem entrar em contato pelo mararovida@gmail.com ou pelo site editoracrv.com.br.

Comentários