Cultura Mais Cruzeiro

Grafites são apagados ‘por engano’, mas serão refeitos, diz Prefeitura

Grafites são apagados ‘por engano’ mas serão refeitos, diz Prefeitura
O grafite de Rafael Sudário estava pintado próximo ao pontilhão da praça Lions. Crédito da foto: Reprodução Facebook

A Secretaria de Conservação, Serviços Públicos e Obras (Serpo) divulgou uma “nota de retratação”, na qual se desculpa pelo apagamento de um grafite do artista Rafael Sudário, que estava em um muro do pontilhão da avenida Dom Aguirre. O trabalho artístico foi feito há dois anos com autorização da Rumo, empresa que detém a concessão da linha férrea, e retratava a imagem de uma indígena e de uma garça, em homenagem ao Rio Sorocaba, com mensagem de preservação ao meio ambiente.

Na tarde de segunda-feira, em seu perfil na rede social Facebook, Sudário publicou uma imagem do muro antes e depois de ter sido pintado por uma equipe da Prefeitura. “Se a arte não for a resistência, seguimos sob o domínio desses […] que trabalham na política”, desabafou o artista. A mensagem viralizou e ganhou dezenas de comentários de apoio.

Leia mais  Mulheres participam de concurso literário na Penitenciária de Votorantim

Na tarde desta terça-feira (2), a Serpo divulgou nota, também no Facebook, em que “pede desculpas pelo incidente”. Segundo a pasta, durante operação de recuperação dos entornos da avenida Dom Aguirre, incluindo a manutenção asfáltica e a pintura da via, assim como dos muros, ciclovias e pichações, a arte foi coberta por engano. “Em nome da Prefeitura de Sorocaba e desta Serpo, declaramos todo e total apoio aos artistas de nossa cidade e a toda manifestação artística de qualquer natureza, principalmente quando diz respeito à nossa cidade, como é o caso da pintura do artista Rafael. Declaramos ainda nosso amor e admiração pelas formas de expressão artísticas que colaboram para nosso crescimento como seres humanos e como parte integrante de uma sociedade tão diversificada e de tantas raízes como é a nossa cultura brasileira”, complementa.

A pasta informa que entrou em contato com o artista e que dará “todo e total apoio para uma nova intervenção artística no local”, fornecendo o material necessário para a realização de uma nova pintura. “Buscamos sempre contribuir com a população da cidade e que uma de nossas metas é o bem-estar de todos que aqui vivem”, conclui a nota.

A mensagem da Serpo foi compartilhada por Sudário que ressaltou que não se manifestou em causa própria, visto que grafites de outros artistas naquela região também teriam sido apagados no último final de semana. “Não falei só por mim, mas sim por todos que vão pra rua pintar suas ideias, seus protestos, seus egos , que ainda sofre preconceito da sociedade quando está balançando uma lata pela rua. Já estou planejando uma nova arte e agradeço quem se sensibilizou com a situação”, afirma. (Felipe Shikama)

Comentários