Cultura

Filme de Pernambuco vence mostra nacional do CineFest

Filme de Pernambuco vence mostra nacional do CineFest
O Melhor Curta da Mostra Nacional, “O balido interno”, ainda levou o prêmio de Melhor Roteiro Original. Crédito da foto: Divulgação

“O balido interno”, do diretor Eder Deó, de Caruaru (PE) foi eleito o Melhor Curta da Mostra Nacional pelos jurados da 11ª edição do CineFest. Já o Melhor Curta da Mostra Regional foi “Novas velhas histórias”, com direção de Guilherme Martelli e André Fidalgo, de Votorantim. Ambas as premiações receberam troféu e mais R$ 3 mil. A cerimônia — que distribuiu troféus e dinheiro para mais categorias — ocorreu ontem à noite, no Auditório Municipal Francisco Beranger.

Este ano o festival contou com 64 curtas, divididos nas seguintes categorias: Mostra Pindorama (nacional), Mostra Cachoeira (regional), Mostra Raízes (ambiental), Mostra Musical (vídeo clipes), todas em caráter competitivo, além das outras mostras paralelas que foram: Mostra Paralela (curtas-metragens nos bairros), Mostra Inclusiva (exibição audiovisual com áudio e vídeo descrição direcionada ao público com deficiência auditiva e visual) e Mostra Um Minuto (exibição de vinhetas criadas por alunos da rede pública de ensino).

Leia mais  Morre, aos 45 anos, Michel Fernandes, criador do Prêmio Aplauso Brasil de teatro

Durante uma semana o público pode conferir os mais diversos gêneros, que também proporcionou muitos debates, oficinas, shows, espaço gastronômico com lanches temáticos de cinema e o fórum “Como monetizar seu curta”.

Filme de Pernambuco vence mostra nacional do CineFest
“Novas velhas histórias” foi premiado como Melhor Curta da Mostra Regional e também garantiu Melhor Direção para Guilherme Martelli e André Fidalgo, de Votorantim. Crédito da foto: Divulgação

O evento foi realizado pela Totem Cultural e Governo do Estado de São Paulo, por meio do ProAC ICMS, com patrocínio do Instituto Votorantim e Votorantim Energia, e contou com o apoio institucional do Sesc Sorocaba e da Prefeitura de Votorantim. (Da Redação)

Confira a lista completa dos vencedores

Mostra Pindorama (nacional)
Melhor Curta: “O balido interno, direção de Eder Deó (Caruaru PE) – Troféu + R$ 3 mil
Melhor Ator: Tonico Pereira pelo filme “O vestido de Myriam” (Rio de Janeiro RJ)
Melhor Atriz: Mariah Morello pelo filme “Besta fera” (Arapiraca AL)
Melhor Trilha Sonora Original: Banda Quiçaça e Nando Magalhães pelo filme “Besta fera” (Arapiraca AL)
Melhor Montagem: Rafael Jardim pelo filme “Conexões” (Rio de Janeiro RJ)
Melhor Fotografia: Marcelo Martins Santiago pelo filme “O vestido de Myriam” (Rio de Janeiro RJ)
Melhor Roteiro Original: Eder Deó pelo filme “O balido interno” (Caruaru PE)
Melhor Diretor: Diego Freitas pelo filme “A volta para casa” (São Paulo SP)

Leia mais  ‘A minha voz precisa contar a minha história’

Mostra Cachoeira (regional)
Melhor Curta: “Novas velhas histórias”, direção de Guilherme Martelli e André Fidalgo (Votorantim SP) – Troféu + R$ 3 mil
Melhor Ator: André Sewaybriker pelo filme “Existo” (Sorocaba SP)
Melhor Atriz: Iracema Cavalcante pelo filme “Tina e o Saci” (Sorocaba SP)
Melhor Trilha Sonora Original: Felipe Sant’Anna pelo filme “Letargia urbana” (Itu SP)
Melhor Montagem: Rogério Emilio pelo filme “Letargia urbana” (Itu SP)
Melhor Fotografia: Rogério Emilio pelo filme “Letargia urbana” (Itu SP)
Melhor Roteiro Original: Bruno César e Larissa Gomes pelo filme “Existo” (Sorocaba SP)
Melhor Diretor: Guilherme Martelli e André Fidalgo pelo filme “Novas velhas histórias” (Votorantim SP)

Mostra Raízes (ambiental)
Melhor Curta: “Quando a Chuva Vem?”, direção de Jefferson Batista (Carpina – PE)
Troféu + R$ 3 mil

Mostra Musical (clipes)
Melhor Curta: “Morte e vida uterina”, direção de Daniel Bruson (Sorocaba SP)
Troféu + R$ 3 mil

Melhor Curta Júri Popular
Novas Velhas Histórias – Direção de Guilherme Martelli e André Fidalgo(Votorantim – SP)
Troféu + R$ 3 mil

Comentários