Cultura

“Existo” abre festival internacional

“Existo” abre festival internacional
O curta-metragem foi produzido como trabalho de conclusão de curso do sorocabano Bruno Menezes. Crédito da foto: Divulgação

O curta-metragem “Existo”, dirigido pelo sorocabano Bruno César Oliveira Menezes, será exibido hoje na abertura do Scout Film Festival, festival em formato on-line que reúne produção de cineastas de todo o mundo com até 24 anos de idade.

Produzido como trabalho de conclusão do curso de Cinema, pelo Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio (Ceunsp), em Salto, o filme aborda a cultura drag queen no interior de São Paulo e já havia sido selecionado para dois festivais internacionais: o Lift off Global e o LGBTQ Short Film Festival, ambos nos Estados Unidos.

Realizado em parceria com os estudantes Larissa Gomes, Gabriel Mastroberardino e Leonel Mingnoni, o curta é baseado em uma história real e acompanha dia de um jovem que sonha em se montar pela primeira vez e com isso enfrenta uma série de aversões do mundo externo e interno em que ele vive.

Leia mais  Fenômeno da repulsa

“Existo” foi lançado no 5º Curta Salto, em novembro de 2018, onde ganhou o prêmio de melhor ator para André Sewaybricker. O protagonista do filme também já havia ganhado o prêmio de melhor ator em premiação interna na faculdade, chamada Três Marias Awards.

Na época, o filme também recebeu o prêmio de uma votação popular em Sorocaba, o Caneca Awards: uma premiação realizada pelo Coletivo Caneca. Em 2019, o curta foi selecionado para o CineFest Votorantim e levou os prêmios de melhor ator — mostra regional (para Sewaybricker) e melhor roteiro original — mostra regional para Bruno César e Larissa Gomes.

Após a exibição, às 14h (horário de Brasília), Bruno César participará de um bate-papo virtual com os realizadores de mais sete filmes selecionados. “Estarei participando e estou muito feliz. Parabéns equipe e elenco”, comemora o jovem cineasta de 23 anos.

O Scout Film Festival é realizado desde 2015 pela Scout, uma organização sem fins lucrativos sediada no estado de Vermount, nos Estados Unidos, e visa conectar e capacitar jovens cineastas em todo o mundo. A comunidade, segundo a entidade, reúne mais de 6 mil cineastas emergentes de 105 países. As exibições e bate-papo serão transmitidas no site www.scoutfilmfestival.org. (Felipe Shikama)

Comentários