Cultura

Conselho Municipal de Cultura elege diretoria para novo biênio

Um grupo de trabalho irá agora iniciar estudo sobre a atual legislação
A eleição da nova mesa diretoria ocorreu numa reunião virtual, realizada na quinta-feira, em razão da pandemia do coronavírus. Crédito da foto: Reprodução

O novo secretário da Cultura de Sorocaba, Luiz Antônio Zamuner, será o presidente do Conselho Municipal de Política Cultural (CMPC) durante o biênio 2021/2022. Como vice-presidente, foi eleito Vinícius Moglia Formes e, como secretário-executivo, Arley Lima, ambos servidores da Secretaria da Cultura (Secult).

A definição ocorreu na tarde de quinta-feira, na primeira reunião ordinária do órgão, que ocorreu de forma virtual em função da pandemia do coronavírus, com cerca de 20 participantes. Rodrigo Cintra, presidente do Conselho até então, abriu a reunião, agradecendo a todos pelo tempo em que esteve à frente do órgão.

“Agradeço todas as lutas, o trabalho árduo e as nossas muitas conquistas. Desejo muita sorte ao Zamuner”, declarou, referindo-se ao novo presidente do CMPC e também secretário da Cultura de Sorocaba.

“Quero dar as boas-vindas a todos e agradecer ao Rodrigo Cintra. Fizemos uma transição muito bacana neste mês de janeiro. Estou ficando a par de tudo, mas quero dizer que sou uma pessoa do diálogo, gosto de ouvir a opinião das
pessoas, até porque todos buscamos o bem comum”, declarou Zamuner.

Após a eleição, o encontro prosseguiu com a aprovação da ata da reunião ordinária do mês de dezembro de 2020. Em seguida, foi tratada a reformulação da Lei Municipal nº 10.810, de 7 de maio de 2014, que cria o CMPC. Para isso, foi criado um grupo de trabalho interno, para que seja dado início a um estudo para debater a atual legislação.

Leia mais  Justin Bieber no Tiktok

Sobre o CMPC

Vinculado à Secretaria da Cultura, o Conselho Municipal de Política Cultural é uma instância colegiada permanente, de caráter consultivo e deliberativo, integrante da estrutura político-administrativa do Poder Executivo, constituído por membros do Poder Público e da Sociedade Civil.

Criado por lei em 1993, o conselho tem como principais atribuições propor e aprovar, a partir das decisões tomadas nas conferências, as diretrizes gerais do Plano de Cultura e acompanhar sua execução.

Além disso, cabe ao CMPC apreciar e aprovar as diretrizes gerais do Sistema de Financiamento à Cultura e acompanhar o funcionamento dos seus instrumentos, em especial o Fundo de Cultura; e fiscalizar a aplicação dos recursos recebidos decorrentes das transferências federativas. (Da Redação, com informações da Secom Sorocaba)

Comentários