Cultura Mais Cruzeiro

‘Come together’ é a mais tocada 50 anos após o fim dos Beatles

Neste 2020, o fim de uma das maiores bandas de todos os tempos completa 50 anos
Paul McCartney, George Harrison, Ringo Starr e John Lennon no auge dos Beatles. Crédito da foto: Divulgação

O dia 10 de abril de 1970 ficou marcado como a data de anúncio do fim dos Beatles. Na ocasião, Paul McCartney lançava oficialmente o seu primeiro álbum solo, confirmando que deixava o grupo. Era o sinal de que John Lennon, Ringo Starr e George Harrison também iriam se dedicar a projetos pessoais.

Neste 2020, o fim de uma das maiores bandas de todos os tempos completa 50 anos e o Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad) fez um levantamento especial em homenagem ao quarteto inglês.

O último registro dos Beatles em estúdio foi o álbum “Abbey road” e a primeira faixa deste disco, “Come together”, foi a música mais tocada nos últimos cinco anos, entre 2015 e 2019, nos principais segmentos de execução pública, como rádios, TVs, cinema, música ao vivo, shows, casas de festas, sonorização ambiental, serviços digitais e carnaval. Completam o top 5 as canções “A hard day’s night”, “Hey Jude”, “Day tripper” e “Let it be”.

Leia mais  ‘Queda pra cima’ é disco de estreia de Marcus Alves

O segmento de shows correspondeu a mais de 40% dos rendimentos da banda nos últimos cinco anos. É importante ressaltar que os autores ou seus herdeiros continuam a receber os direitos autorais pela execução pública de suas músicas. Esse pagamento é assegurado por 70 anos após a morte do autor (ou do último autor, em caso de parcerias), conforme determina a lei do direito autoral (9.610/98).

No banco de dados do Ecad, os Beatles tiveram até agora 7.778 gravações com versões de suas músicas. As cinco músicas mais regravadas, em ordem, foram “Yesterday”, “Hey Jude”, “Eleanor rigby”, “Lei it be e “Something”. (Da Redação)

Comentários