Cultura

BuZum chega a Sorocaba com teatro infantil

Com linguagem de teatro de bonecos, a peça mostra com detalhes os desafios que uma tartaruga enfrenta
BuZum chega a Sorocaba com teatro infantil
“O grande perigo” narra a história da tartaruga Tata e suas aventuras no fundo do mar. Crédito da foto: Divulgação

A partir desta terça-feira (10) e até quinta-feira (12), Sorocaba estará na rota do BuZum, projeto itinerante que leva a arte teatral pelo país abordo de um ônibus. Nesta semana, a cidade recebe em vários endereços o espetáculo infantil “O grande perigo”, que alerta sobre questões como preservação a natureza em um universo envolvente e lúdico. Todas as sessões têm entrada gratuita, sujeitas à lotação do espaço (50 pessoas por sessão).

Com linguagem de teatro de bonecos, a peça mostra com detalhes os desafios que uma tartaruga enfrenta ao perceber a quantidade de perigos que é viver em um mar, refletindo os obstáculos que qualquer pessoa passa em sua vida. A direção é de Adriana Telg e o elenco é formado por Lívia Simardi, Dinho Weller, Thais Morais, Maggie Abreu, Tásia D’ Paula e Dani Lima. O espetáculo é realizado por meio do Programa de Ação Cultural — ICMS (ProAC-ICMS), da Secretaria de Estado da Cultura e Economia Criativa, com o patrocínio do HTH.

Leia mais  Sorocabana homenageia equipe do Samu com bolo decorado

“O grande perigo” narra a história de Tata, uma pequena tartaruga que logo ao nascer volta para o mar em busca de sua mãe. Ela enfrenta vários perigos, tão comuns à vida das tartarugas marinhas, como uma andorinha que tenta comê-la, um caranguejo que a persegue, peixes elétricos, um polvo, um perigoso tubarão e uma enorme baleia. Tata consegue fugir de todos os perigos e ao final encontra sua mãe, mas percebe que ela está presa em um mar de lixos e plástico.

As apresentações têm cerca de 20 minutos de duração cada e ocorrem, diariamente, às 9h, 9h40, 10h20, 13h30, 14h10 e 14h50. O roteiro na cidade começa hoje, em frente ao CEI-71 Yolanda Prestes Neder (rua Paula Mayer Cattini, 8.202, Nova Esperança). Amanhã, o projeto segue para a Pastoral do Menor — Habiteto (rua Prof. Jorge de Carvalho de Moraes, 355). Já na quinta-feira, o ônibus estará estacionado em frente à Escola Municipal Professora Renice Seraphim (rua Iolanda de Carvalho Vieira, s/n, no Residencial Carandá).

Em 2019, o BuZum terá realizado mais de 200 dias de apresentações, em oito Estados, sendo eles São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul e Ceará. Além de “O grande perigo”, a companhia teatral circula com mais três peças no repertório. Os espetáculos são produzidos com exclusividade e, regados de mitos folclóricos, as histórias trazem a valorização da cultura popular brasileira, indígena, além de temas que exercem reflexões sobre a natureza, através de aventuras que abrem a imaginação aos olhos dos pequenos apreciadores da arte. O projeto foi criado em 2010, quando Beto Andreetta, Jackson Íris e Mariane Gutierrez se uniram para levar o teatro de bonecos para as escolas, crianças e adolescentes que ainda não conheciam, ou tiveram dificuldades de acesso a esse mundo lúdico.

Leia mais  Ingresso nas Etecs e Fatecs será por análise de histórico escolar

Em 2016, o BuZum! recebeu o Prêmio Governador do Estado de São Paulo para Cultura, na categoria Arte para Crianças — Voto Popular. Em 2014, a companhia foi contemplada com o prêmio de Melhor Produção e Melhor Autor de Texto Original no 1º Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem (antigo Prêmio Femsa Coca-Cola de Teatro Infantil). (Da Redação)

Comentários