Brasil Cultura

Bienal do Livro de São Paulo terá a primeira edição virtual

Por causa da pandemia, este ano promoção será de 7 a 13 de dezembro
A Bienal do Livro de São Paulo terá este ano a primeira edição virtual. Crédito da foto: Wilson Dias.

A Bienal do Livro de São Paulo terá este ano a primeira edição virtual. Em junho, a Câmara Brasileira do Livro (CBL) havia anunciado o cancelamento da 26ª edição do evento em 2020, previsto para outubro, por conta da pandemia do novo coronavírus. A previsão é que a feira física seja realizada em 2022. A versão virtual será este ano de 7 a 13 de dezembro em uma plataforma digital.

Com o tema Conectando Pessoas e Livros, a proposta é reunir leitores, escritores, parceiros, editores, distribuidores e livrarias em uma semana de discussões e negócios.

A plataforma vai oferecer palestras online e a possibilidade de comprar livros, além de interação entre os diversos atores do mercado editorial.

Segundo o presidente da CBL, Vitor Tavares, a expectativa é reunir 150 expositores e atrair mais de um milhão de visitantes para a plataforma.

“Pela primeira vez, pessoas de todos os lugares do Brasil e do mundo poderão participar dessa grande festa, conhecendo as novidades, fazendo bons negócios e aproveitando as palestras que jamais estariam disponíveis de outra forma”, disse Tavares.

Leia mais  TSE registra 264 crimes de violência contra candidatos desde janeiro

Serão promovidas, ainda, rodadas de negócios entre companhias brasileiras e empresas estrangeiras para discutir a situação atual do setor editorial no Brasil e no mundo.

Esses eventos serão exclusivos para as empresas apoiadas pelo Brazilian Publishers – projeto que apoia a internacionalização do conteúdo editorial brasileiro feito em parceria da CBL com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). (Agência Brasil)

Comentários