Agenda

Agenda

Agenda
Crédito da foto: Erick Pinheiro / Arquivo JCS (21/8/2012)

‘Mulheres da palavra’ – O Sesc Sorocaba realiza amanhã, às 18h, mais uma edição do bate-papo on-line “Mulheres da palavra”. Ministrado pela educadora social Maria Teresa, o encontro tem como objetivo discutir o impacto da literatura na construção das narrativas femininas a partir do uso da palavra como instrumento de transformação e visibilidade das suas necessidades. O bate-papo será transmitido ao vivo via Microsoft Teams. Para participar, basta acessar o link: http://bit.do/mulheres-da-palavra-novembro. As vagas são limitadas e a classificação indicativa é de 14 anos.

‘Cultura no mundo VUCA’ – “Pensar estratégias e oportunidades para a Cultura no Mundo VUCA” é o tema da palestra on-line que será ministrada hoje, às 19h, pelo designer, professor e mestre em poéticas visuais pela Unesp Marcelo Silvani. A atividade gratuita integra a programação do projeto Metso Cultural – 14ª temporada de Música Instrumental Brasileira de Sorocaba, com produção da MdA Internacional. VUCA é um acrônimo em inglês, formado pela primeira letra das palavras: volatility (volatilidade), uncertainty (incerteza), complexity (complexidade) e ambiguity (ambiguidade). A palestra é gratuita via Plataforma Zoom, com transmissão simultânea no canal da MdA International no Youtube. Para se inscrever é necessário enviar mensagem no WhatsApp (15) 3211-1360.

Leia mais  Agenda

Financiamento coletivo – O poeta sorocabano Evandro Aranha está realizando uma campanha de financiamento coletivo para viabilizar a publicação de seu terceiro livro do projeto “A poesia morreu”. De acordo com o autor, “Fragmentos de um córtex perturbado – volume III: a poesia morreu” é o encerramento da trilogia poética começada em “Fragmentos de um córtex perturbado” (2014) e “Fragmentos de um córtex perturbado -Volume II- A resistência poética & amor e outras dores do cotidiano (2016)”. Se no primeiro livro os temas traziam uma inocência e no segundo livro a poesia amadurecia, esse terceiro livro é marcado por poemas calcados na melancolia e no pessimismo bebendo na fonte de poetas byronistas e representando a decadência do personagem poético depois de dois livros. “Resolvi levar a crítica de uma forma poética e aproveitei o gancho para criar um projeto que ligasse música, livro e apresentação para dialogar com várias pessoas em vários formatos”, afirma o poeta. Contribuições ao projeto podem ser feitas na plataforma www.catarse.me/poesiamorreu.

Comentários