Canal 1

Globo investe na preparação de novos roteiristas para campo do humor

A emissora continua investindo forte na busca por profissionais da área de roteiro

Por Flávio Ricco, com colaboração de José Carlos Nery

A área de Desenvolvimento e Acompanhamento Artístico da Globo promoveu, entre outubro e janeiro, a “Oficina de comédia: novos autores”, comandada por Celso Taddei e Gabriela Amaral. Uma iniciativa para acelerar o desenvolvimento de novos talentos nas ferramentas e elementos que constituem o gênero de comédia no universo Globo, proporcionando ainda aprofundamento em fundamentos da dramaturgia e da narrativa.

Durante o período, 14 profissionais selecionados no mercado tiveram aulas de fundamentos da dramaturgia, a arte do esquete, a lógica por trás do humor, construção de personagens, diálogos, seriados de comédia, direção de comédia, humor na web, história do humor, paródias e trilha sonora, além de experiência prática e desenvolvimento de projetos com monitoramento de figuras experientes como Adriana Falcão, Rosane Svartman, Marcius Melhem, Mauro Wilson, entre outras.

Desse grupo, já foram contratados Thais Pontes e Bruno Ribeiro, e existem boas perspectivas para os demais. Como se observa, a Globo continua investindo forte na busca por profissionais da área de roteiro, e isso também está relacionado à grande quantidade de projetos endereçados às suas mais diversas plataformas, como TV aberta, TV Paga (Globosat) e streaming (Globoplay).

Crédito da imagem: Divulgação

Novo olhar

Ian SBF, um dos criadores do “Porta dos fundos”, é o mais novo contratado da O2 Filmes e estreia dirigindo um filme para a Netflix que promove a série “Sex education”. Aliás, a sua missão será trabalhar com as maiores marcas do mercado.

A negociação vinha desde o ano passado: “quero cair de cabeça nesse novo mundo da publicidade. É um desafio que eu estou amando fazer”, declara SBF. “Eu estou trazendo esse olhar de comédia. Sou focado em diálogo e tento trazer essa expertise de trabalhar com ator”, conclui.

Não foi fácil

Sexta-feira foi outro dia muito difícil para o pessoal do jornalismo da Record no Rio de Janeiro. Dia no qual esvaziaram o camarim que era utilizado pelo apresentador Wagner Montes, morto no último dia 26. Muitos choraram durante a remoção dos pertences do jornalista, que era uma pessoa muita querida por todos. O camarim ficará fechado até segunda ordem.

Virar o jogo

Na Record há a certeza que, após a saída de Douglas Tavolaro, existem alguns desafios pela frente. O principal deles é que o seu jornalismo não consiga só audiência, mas também repercussão.

Primeira reunião

Ontem, em um novo passo para uma reformulação quase completa da sua programação da manhã, a direção da Band se reuniu com Joel Datena. Foram discutidos detalhes para o lançamento de uma primeira edição do “Brasil urgente”.

Exagero

A GloboNews cobriu na íntegra a votação para a presidência do Senado na tarde do último sábado. Foi bem, mas poderia ser muito melhor. Em várias ocasiões, e está foi uma delas, é preciso considerar que a imagem fala e mostra mais que qualquer palavra ou comentário.

Afinando

A Record aproveitou o último domingo para ajustar todos os detalhes do reality “The four”, incluindo um grande ensaio com a equipe, em função da sua primeira gravação no dia de ontem. E mais: a convite de Antonio Guerreiro, Beto Marden, que esteve no “Dancing”, fará a cobertura do programa para as mídias digitais.

Libertadores em jogo

Para os clubes brasileiros hoje tem início mais uma “Libertadores da América”, ainda na sua fase preliminar. O Atlético Mineiro estreia contra o Danúbio, em Montevidéu, a partir das 19h15, com transmissão do Fox Sports. Narração de Téo José com comentários de PVC e Edmundo.

Coisas do futebol

Durante toda a semana passada e ainda no domingo, antes do jogo, a imprensa esportiva no geral não poupava elogios ao Santos e ao seu técnico Sampaoli. Tudo contribuindo para os torcedores do Peixe esperarem outra goleada. Só se esqueceram de “combinar” com o Ituano.

Bom resultado

Domingo, na sessão “O crime não compensa”, foi exibido o “Investigação criminal” sobre o caso Isabella Nardoni, morta em março de 2008. O programa consolidou 7 pontos de média, segundo lugar isolado, com picos de 10. Um crescimento de 21% em relação ao domingo anterior.

Novela bíblica

A autora Paula Richard, livre de “Jesus”, mais pra frente irá se dedicar à sua continuação, como antecipado por aqui. O trabalho leva o título provisório de “Paulo de Tarso” também chamado de Apóstolo Paulo e é baseado ainda no livro “Atos dos Apóstolos”. Deve entrar no ar em 2020.

Comentários