Canal 1

Entrevista

Entrevista
Crédito da foto: Divulgação

Flávio Ricco, com colaboração de José Carlos Nery

Amaury Júnior, como convidado de Daniela Albuquerque, nesta quinta, na Rede TV!, vai falar dos seus 40 anos no jornalismo e o motivo de ter entrado na televisão: ”só fui para TV porque tinha uma baita vaidade”. E também porque queria se mostrar para as namoradas.

Instalação do digital está parada e ninguém sabe quando será retomada

Levantamento realizado pela coluna aponta que a digitalização já atingiu 130 milhões de brasileiros em mais de 1,3 mil grandes cidades das 62 principais regiões do país. Agora faltam perto de quatro mil municípios menores e mais complexos economicamente. Muitos deles recebem os sinais de TV através de torres, construídas pelas suas prefeituras.

Para o digital, existe a possibilidade de várias emissoras compartilharem a mesma torre e um transmissor único para quatro ou seis sinais. A questão é que não há recursos para este investimento e a lei de responsabilidade fiscal limita a ação das prefeituras. Diferentemente do passado, não é mais permitida a colocação de dinheiro público em torres de televisão.

Leia mais  Também lá

A proposta da radiodifusão é usar parte do R$ 1 bi que sobrou da primeira etapa, para financiar o restante do país. Mas o processo está parado. O próprio governo já fala em destinar uma parcela deste valor para o programa de ampliação da internet na Amazônia.

O fato é que, diante do colocado, a implantação do digital está momentaneamente paralisada. E não há qualquer informação de quando e em quais condições será restabelecida.

Bateu o desespero – As ações de merchandising, responsáveis pelo faturamento e existência de vários programas, também observaram uma queda bem significativa nesses últimos tempos. A audiência muito baixa da maioria não contribui e nem desperta o efeito desejado. O telefone anunciado para as ligações não toca.

Preocupação – Band, Rede TV! e Gazeta, por exemplo, estão entre as emissoras que mais apelam para o recurso do merchandising. Diante da baixa observada, várias das suas produções já foram colocadas em estado de alerta. Do outro lado, o “Jogo aberto”, da Band, e “A tarde é sua”, da Rede TV!, são citados entre os que mais funcionam.

Leia mais  Em cartaz

E assim vai indo – Depois de William Waack e Evaristo Costa, como contratações importantes, a CNN Brasil anunciou ontem Monalisa Perrone. E a promessa é que vem mais por aí. Tudo muito bom, tudo muito bem. Resta saber agora como é que vai fechar toda essa conta.

Ficou assim – A primeira temporada de “Famílias frente a frente”, programa com apresentação de Tiago Abravanel no SBT, a partir de outubro, terá dez episódios. São doze famílias participando de uma competição gastronômica, formato em parceria da Amazon, Endemol Shine e SBT.

Inovando – A TV Cultura transmitiu jogos e a final do Torneio Internacional de Futebol Feminino de Seleções, realizado em São Paulo, dispensando ao trabalho um tratamento gráfico bem especial. Além da trilha sonora assinada por João Marcelo Bôscoli, a cada gol, a tela era invadida por emojis, linguagem própria de outras plataformas.

Leia mais  Musical

A propósito – A TV Cultura ficou em primeiro lugar nos Trending Topics Mundial, no “Roda viva”, segunda-feira, com o jornalista Glenn Greenwald como convidado. Programa bom. Alguns dos entrevistadores é que nem tanto.

Jornalismo – Na próxima segunda-feira, a Record coloca no ar o novo “Jornal da Record” e os quatro boletins, que terão o envolvimento de Janine Borba e Sérgio Aguiar. A Band, na mesma data, terá a estreia do “Band notícias” com Cynthia Martins e Rafael Colombo na bancada.

Colaboradores – E no dia de ontem, a Record definiu o grupo de colaboradores de Emílio Boechat no roteiro da novela “Gênesis”. Foram chamados Ecila Pedroso, André Rodrigues, Marcos Ferraz, Meuri Luiza, Raphaela Castro e Valéria Motta.

Comentários

CLASSICRUZEIRO