Canal 1

Boa dupla

Boa dupla
Crédito da foto: Raquel Cunha / Tv Globo

Flávio Ricco, com colaboração de José Carlos Nery

“O sétimo guardião” teve lá os problemas dela, mas o desempenho dos seus atores, no geral, sempre se deu na mais alta escala. Nany People e Felipe Hintze, por exemplos. Os dois se saíram muito bem.

Prateleira de novos programas pesa nos cofres da Band

Em se tratando de próximas estreias, a “sala de espera” da Band está com a sua lotação esgotada. Não cabe mais ninguém. Ou mais nada.

Uma relação que vai longe. Entre os mais conhecidos, em vias de lançamento, “Primeiro jornal”, “Aqui na Band”, “Tosco talent”, o jornal novo do Luiz Megale e um reality de jornalismo da Ana Paula Padrão. Todos, ou a maior parte deles, em estágios de trabalhos bem avançados, gravando pilotos, um atrás do outro, meio que no vazio, sem qualquer efeito prático.

É como um time de futebol que só treina e não joga. O grande problema é saber se, nesta altura dos acontecimentos, com os tantos problemas que tem, a Band poderia se dar a esse luxo.

Leia mais  Patrícia Abravanel ainda não tem previsão para gravações no SBT

Todo esse ameaço de programas, sem condições de oferecer retorno, representa um custo muito alto, impossível de ser encarado. A pergunta é, até onde a Band pretende chegar?

Para todos os efeitos – A Band já avisou aos principais interessados que, a partir deste domingo, começará a colocar chamadas no ar anunciando os novos programas da grade. O primeiro a ganhar destaque será o “Aqui na Band”, da Silvia Poppovic e Luis Ernesto Lacombe, que reúne vários colunistas. Salvo ordem em contrário, deve entrar no dia 27.

Bola de cristal – A propósito de previsão, ninguém acertou também sobre o início de filmagens dos diferentes projetos sobre a vida de Silvio Santos. Dezembro e janeiro já foram e não se falou mais nada. Resta saber se algum ainda vai sair do papel. Está tudo indicando que não.

Vale destacar – Da mais alta qualidade as chamadas de “Topíssima”, que a Record está colocando no ar, anunciando a sua estreia para a próxima terça-feira, dia 21. Um trabalho criativo, com edição no ponto, bem dentro do objetivo que é chamar a atenção do telespectador. Poucas TVs têm um departamento de chamadas com a mesma competência.

Leia mais  Aruanas

Está de volta – Patrícia Abravanel, com o fim da sua licença-maternidade, na terça-feira, gravou o “Jogo dos pontinhos”, no “Programa Silvio Santos” e, em breve, voltará com o “Patrícia tá na rua”. Agora falta decidir o que fazer com a Mara.

Palavra do leitor – Carlos Almeida, companheiro deste espaço, critica a legendagem dos filmes no geral, especialmente de alguns que a Band tem exibido. Como deficiente auditivo, ele não consegue assistir — diz que as legendas são incompreensíveis. Até já escreveu para a emissora, mas não teve resposta.

Aniversário – A Record África, por sua vez, acaba de completar um ano de atividades, com transmissão para todos os países de língua portuguesa. A sua sede principal fica em Luanda, Angola, com direção do brasileiro Rodrigo Falcão.

Por enquanto – A Record Manaus, em seu começo, a partir do dia 17 de junho, só terá o “Balanço geral” como atração local. Para todo o restante da grade será utilizada a programação da rede, gerada de São Paulo.

Leia mais  BandNews prepara lançamento de nova programação; veja a grade

Cara limpa – Nos intervalos de “Órfãos da terra”, Bruno Cabrerizo, que faz o Hussein Zarif, investe no cinema. O ator está filmando o longa “O garoto”, do diretor Bruno Saglia, em Petrópolis. Para viver Fred, rapaz que vive um enorme conflito em seu casamento com Daniele (Carol Castro), ele tirou a barba que mantinha há anos. “Quando tirei a barba, quase não me reconheci”, brinca o ator.

Comentários