Canal 1

Boa dupla



Boa dupla
Crédito da foto: Raquel Cunha / Tv Globo

Flávio Ricco, com colaboração de José Carlos Nery

“O sétimo guardião” teve lá os problemas dela, mas o desempenho dos seus atores, no geral, sempre se deu na mais alta escala. Nany People e Felipe Hintze, por exemplos. Os dois se saíram muito bem.

Prateleira de novos programas pesa nos cofres da Band

Em se tratando de próximas estreias, a “sala de espera” da Band está com a sua lotação esgotada. Não cabe mais ninguém. Ou mais nada.

Uma relação que vai longe. Entre os mais conhecidos, em vias de lançamento, “Primeiro jornal”, “Aqui na Band”, “Tosco talent”, o jornal novo do Luiz Megale e um reality de jornalismo da Ana Paula Padrão. Todos, ou a maior parte deles, em estágios de trabalhos bem avançados, gravando pilotos, um atrás do outro, meio que no vazio, sem qualquer efeito prático.

Leia mais  Bastidor

É como um time de futebol que só treina e não joga. O grande problema é saber se, nesta altura dos acontecimentos, com os tantos problemas que tem, a Band poderia se dar a esse luxo.

Todo esse ameaço de programas, sem condições de oferecer retorno, representa um custo muito alto, impossível de ser encarado. A pergunta é, até onde a Band pretende chegar?

Para todos os efeitos – A Band já avisou aos principais interessados que, a partir deste domingo, começará a colocar chamadas no ar anunciando os novos programas da grade. O primeiro a ganhar destaque será o “Aqui na Band”, da Silvia Poppovic e Luis Ernesto Lacombe, que reúne vários colunistas. Salvo ordem em contrário, deve entrar no dia 27.

Bola de cristal – A propósito de previsão, ninguém acertou também sobre o início de filmagens dos diferentes projetos sobre a vida de Silvio Santos. Dezembro e janeiro já foram e não se falou mais nada. Resta saber se algum ainda vai sair do papel. Está tudo indicando que não.

Leia mais  Música de qualidade

Vale destacar – Da mais alta qualidade as chamadas de “Topíssima”, que a Record está colocando no ar, anunciando a sua estreia para a próxima terça-feira, dia 21. Um trabalho criativo, com edição no ponto, bem dentro do objetivo que é chamar a atenção do telespectador. Poucas TVs têm um departamento de chamadas com a mesma competência.

Está de volta – Patrícia Abravanel, com o fim da sua licença-maternidade, na terça-feira, gravou o “Jogo dos pontinhos”, no “Programa Silvio Santos” e, em breve, voltará com o “Patrícia tá na rua”. Agora falta decidir o que fazer com a Mara.

Palavra do leitor – Carlos Almeida, companheiro deste espaço, critica a legendagem dos filmes no geral, especialmente de alguns que a Band tem exibido. Como deficiente auditivo, ele não consegue assistir — diz que as legendas são incompreensíveis. Até já escreveu para a emissora, mas não teve resposta.

Leia mais  Reta final

Aniversário – A Record África, por sua vez, acaba de completar um ano de atividades, com transmissão para todos os países de língua portuguesa. A sua sede principal fica em Luanda, Angola, com direção do brasileiro Rodrigo Falcão.

Por enquanto – A Record Manaus, em seu começo, a partir do dia 17 de junho, só terá o “Balanço geral” como atração local. Para todo o restante da grade será utilizada a programação da rede, gerada de São Paulo.

Cara limpa – Nos intervalos de “Órfãos da terra”, Bruno Cabrerizo, que faz o Hussein Zarif, investe no cinema. O ator está filmando o longa “O garoto”, do diretor Bruno Saglia, em Petrópolis. Para viver Fred, rapaz que vive um enorme conflito em seu casamento com Daniele (Carol Castro), ele tirou a barba que mantinha há anos. “Quando tirei a barba, quase não me reconheci”, brinca o ator.

Comentários

CLASSICRUZEIRO