Canal 1

Band funciona há anos sem direção artística

Flávio Ricco, com colaboração de José Carlos Nery
Band funciona há anos sem direção artística
Zeca Camargo é diretor de produção na Band. Crédito da foto: Reprodução Instagram

Flávio Ricco, com colaboração de José Carlos Nery

Desde a saída de Patrício Diaz, isso há quase um ano e que apenas por poucos meses ocupou esse cargo, a Band não tem ninguém à frente do seu departamento artístico.

Antes dele, de fato e direito, só Diego Guebel, mas que também deixou a emissora há mais de três anos.

Contratado recentemente, Zeca Camargo foi designado para a direção executiva de produção e também desenvolvimento de novos produtos.

Na prática, verifica-se, um preço muito alto é pago pelas tantas decisões erradas que são tomadas, muitas por parte de outros executivos que não têm o menor talento ou sensibilidade para as funções.

Olha no que deu o lançamento precipitado do “Melhor Agora”, da Mariana Godoy. Estreou em setembro e já entrou em contagem regressiva.

Ou o que foi feito do “MasterChef”. Descaracterizado e sem qualquer repercussão, poderá perder, em breve, algumas das suas peças principais. Há, por exemplo, uma aposta muito forte na saída de Paola Carosella, diante dos tantos convites para apresentar um programa solo.

Leia mais  Audiência nacional

Definir alguém, suficientemente capacitado para o seu artístico, no caso da Band é uma “decisão para ontem”. Os prejuízos, comprovados, só se acumulam no dia a dia.

Mas tem pior

Se há muitos anos a Band não tem ninguém cuidando do seu artístico, a situação da Rede TV! é ainda mais complicada. Opera sem diretor artístico e nem de programação. Isso explica.

Laboratório

Viviane Araújo vai fazer uma preparação especial para o papel de delegada, que tem problemas com drogas, em uma das próximas temporadas de “A Divisão”, produção do Globoplay. As gravações devem começar ainda em janeiro.

Preparando a volta

Se tudo correr como se espera, Carlos Nascimento deve reassumir a apresentação do “SBT Brasil” no dia 1º de dezembro. Está tudo combinado para isso. Nascimento encontra-se afastado desde abril.

Leia mais  Band tem que oferecer à Fórmula 1 o carinho e respeito que ela merece

Bancada

Após o término do contrato de Rachel Sheherazade, Márcia Dantas ocupou o seu lugar no “SBT Brasil” e assumiu a condição de titular. Mas diante da saída também de Carol Aguaidas, que resolveu voltar para o Rio Grande do Sul, passou a existir a necessidade de contratar outra apresentadora.

Novo trabalho

Letícia Tomazella, a Arlete de “As Aventuras de Poliana”, no SBT, atendeu convite da Record para o elenco de “Gênesis”. Deve começar a gravar quase que imediatamente.

Comentários