Canal 1

Acaba hoje

Acaba hoje
Crédito da foto: Raquel Cunha / Tv Globo

Flávio Ricco, com colaboração de José Carlos Nery

A Globo exibe nesta quinta, após “A dona do pedaço”, a final de mais um “The voice Brasil”, edição que se destacou pelo elevado nível dos participantes. Na disputa Willian Kessley — time Ivete; Ana Ruth — time Iza; Lúcia Muniz — time Lulu e Tony Gordon — time Teló, que pode chegar ao “penta”.

O “The Voice”, como formato, é um achado. Dos melhores em cartaz. E a sua realização, no todo, impecável. Mas a falta de uma maior presença da MPB no seu repertório continua incomodando um pouco. A maioria dos participantes parece que vive longe daqui.

Produtora acusa Rede TV! de copiar quadro; emissora nega

A jornalista Selma de Oliveira procurou a coluna para informar que o formato “De carona com Olga”, apresentado no programa de Olga Bongiovanni na Rede TV!, pertence à empresa Cara Preta Criações, da qual é sócia, e que já de algum tempo vem negociando com Vildomar Batista para a sua exibição no “Aqui na Band”. “Até a vinheta é cópia, e cópia muito mal feita”, reforça.

Leia mais  Prêmio

“Lá atrás, deixamos nosso portfólio com o Chiquinho [Francisco Almeida, ex-diretor de programação da Rede TV!]”, demitido em abril deste ano. “E com certeza tem algo errado”, avalia Selma. A profissional declara que já solicitou a imediata interrupção de sua exibição a fim de evitar “problemas jurídicos”.

No entanto, a Rede TV!, por meio dos seus advogados, informa que “o quadro foi desenvolvido pela equipe de produção do programa ‘Olga’, a partir de experiências anteriores da própria apresentadora. Trata-se de um formato de entrevista exibido de forma recorrente na televisão brasileira e que proporciona boas histórias ao telespectador. Assim, a Rede TV! informa que o ‘De carona com Olga’ será mantido no programa apresentado pela jornalista Olga Bongiovanni”.

Passar a limpo – A direção da Band pretende rever todos os contratos de parceria firmados para produção de programas. A ordem é não renovar com os que estiverem no prejuízo ou deixando de apresentar resultados convincentes.

Terceirização da grade – A presença da produtora Floresta no processo do novo “Domingo show” com Sabrina Sato é mais um passo da Record no sentido de terceirizar toda a sua programação — exceção ao jornalismo. Intocável, por enquanto, apenas o programa do Rodrigo Faro.

Leia mais  Feira

Fila das sete – Está caminhando bem na Globo o projeto “A morte pode esperar”, comédia escrita por Mauro Wilson para exibição no horário das 19h. Allan Fiterman, que integrou a equipe de “O sétimo guardião”, será o diretor da novela. Apresentação prevista para o segundo semestre de 2020, após “Salve-se quem puder”.

Um e outro – Luiz Bacci sai de férias, a partir de hoje, na Record. Vai ficar 20 dias fora. Durante a sua ausência, Bruno Peruka ficará no comando do “Cidade alerta”.

Por outro lado – Mariana Bispo, repórter do Rio de Janeiro, de fato é uma das candidatas para assumir o lugar de Carla Cecato no “Fala Brasil”. Mas como é muito jovem, recém-formada, poderá passar por um período de preparação antes de assumir uma bancada.

Leia mais  Em todas

Cinema – Rafael Portugal, ator do “Porta dos fundos”, em “Carcereiros — o filme”, vai interpretar seu primeiro papel longe da comédia. Um enfermeiro que presta serviços no presídio. A produção da Globo Filmes estreia dia 28 de novembro nos cinemas.

Garantido – Vai rolar a segunda temporada do quadro “Minha mãe cozinha melhor que a sua” no programa “É de casa”, atração dos sábados na Globo, com apresentação de Patrícia Poeta. Só falta definir período de gravação e exibição.

Recomeço – Dos programas atualmente em cartaz na Record News, pouca coisa será aproveitada no trabalho de reposicionamento da marca desenvolvido por Rogério Gallo e voltado para o público jovem. A nova grade da “Record news” (Recordpontonews) deverá ser conhecida ainda no primeiro semestre de 2020.

Comentários

CLASSICRUZEIRO