Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

Universidades federais têm até dezembro para adotar diploma digital

01 de Março de 2021

Governo do Estado de São Paulo Ao todo, o diploma digital deve beneficiar oito milhões de estudantes devem receber o diploma digital. Crédito da foto: Marcos Santos / USP Imagens (2/8/2014)

As 69 universidades federais e as 41 instituições da rede federal de educação profissional e tecnológica do País terão até 31 de dezembro de 2021 para passar a emitir diplomas digitais. O prazo consta da Portaria n° 117/2021 do Ministério da Educação (MEC), publicada nesta segunda-feira (1), no Diário Oficial da União.

A versão digital do diploma universitário foi anunciada em 2019 e regulamentada em dezembro passado. A expectativa do MEC é de que o documento reduza a burocracia no processo de geração e emissão de diplomas e ajude a impedir fraudes e falsificações.

O tempo de emissão do documento também será menor, deve passar de 90 para 15 dias. O certificado digital deve beneficiar 8 milhões de estudantes. No Brasil, as primeiras instituições a adotar esse formato foram a Universidade Federal da Paraíba e a Universidade Federal do Rio Grande do Norte. (Agência Brasil)