Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

Trabalhadores dos transportes públicos reivindicam vacina contra a Covid-19 em caráter de urgência

05 de Abril de 2021

 Vacinação solicitada seria para todos os trabalhadores do transporte público. Crédito da foto: Vinícius Fonseca (Arquivo TCS 9/07/2020)

 

Os trabalhadores dos transportes públicos do Estado de São Paulo vão reivindicar ao governador João Doria a vacinação contra a Covid-19 em caráter de urgência. A categoria pretende agendar uma reunião com o governador nesta semana e, caso não haja retorno, diz que vai fazer um lockdown em todo o Estado no dia 20 de abril.

A vacinação solicitada seria para todos os trabalhadores do transporte público, independentemente da faixa etária e das funções que exercem nas empresas do setor.

A decisão foi tomada quinta-feira (1), em reunião dos representantes dos trabalhadores do transporte do Estado realizada na capital paulista.

O motivo do pedido é a preocupação com os profissionais do transporte público, que chegam a ficar no interior dos ônibus de sete a dez horas por dia, todos os dias.

Em Sorocaba, por exemplo, há linhas de ônibus que transportam por dia de 1.500 a 3 mil passageiros em um único ônibus no conjunto total de viagens. Segundo os representantes do setor, a categoria também está na linha de frente e tem contato direto com muita gente, podendo levar risco a outras pessoas.

Para fundamentar ainda mais a reivindicação de vacinação com urgência aos trabalhadores dos transportes, a categoria alega que o risco de contaminação e mortes no setor é alto em função do perfil das funções.  Segundo eles, há cidades e até empresas que estão sendo obrigadas a parar alguns horários ou não conseguem nem sair da garagem devido à falta de profissionais, afastados por problemas de saúde causados pelo coronavírus.