Brasil Sorocaba e Região

SP terá chuva na virada do ano; veja a previsão para os próximos dias

Uma frente fria vai chegar ao Estado de São Paulo
Chuva
Crédito da foto: Fábio Rogério (30/11/2020)

O último dia de 2020 e o primeiro de 2021 terão alertas de tempestade na capital, na Grande São Paulo e em Sorocaba, de acordo com previsão da Climatempo. Para esta quarta-feira (30), também estão previstas chuvas intensas como as que ocorreram nesta terça-feira (29), e causaram deslizamentos e queda de árvores. Em Embu das Artes, ao menos cinco pessoas morreram por causa das fortes chuvas.

De acordo com a Climatempo, as chuvas de terça e quarta são resultado da combinação entre o ar quente e úmido e a circulação de ventos em vários níveis da atmosfera. Isso favorece a formação de nuvens carregadas, que devem causar pancadas de chuva à tarde na Grande São Paulo, em Sorocaba e em Santos.

Para a virada do ano, a previsão é de chuva. Uma frente fria vai chegar ao Estado de São Paulo nesta quinta-feira (31) e impulsionar as precipitações. A temperatura máxima prevista é de 30 °C.

Leia mais  Em 24 horas, Sorocaba registra mais 70 recuperados da Covid-19

No primeiro dia de 2021, a nebulosidade deve fazer com que a temperatura máxima caia para 24 ºC. A mínimas devem ficar entre 16 ºC e 19 ºC.

Segundo a Climatempo, essas tempestades são típicas do verão e a média de chuva para o mês de dezembro em São Paulo é de 224 mm. Até o momento, dezembro ocupa a posição de terceiro mês com maior acumulado de chuva de 2020, com 231.1 mm. Está atrás de fevereiro (493.8 mm) e janeiro (279.4 mm)

Alerta para alagamentos e deslizamentos

O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da Prefeitura de São Paulo, alerta que há previsão de chuvas fortes, com rajadas de vento e descargas elétricas nesta quinta-feira, 31. “As precipitações serão generalizadas, o que em conjunto com o solo encharcado, aumenta o potencial para formação de alagamentos, transbordamentos e deslizamentos”, informa.

Haverá o mesmo risco no dia 1°. “As chuvas serão intermitentes e haverá momentos de chuva moderada a forte, o que mantém o potencial elevado para formação de alagamentos, transbordamentos e deslizamentos nas áreas de encosta.” (Paula Felix/Estadão Conteúdo)

Comentários