Brasil

SP reabre quatro parques e ciclovia da Marginal Pinheiros

Uso de máscara e distanciamento social continuam obrigatórios
Ciclovia da Marginal Pinheiro foi fechada em 21 de março, no início da quarentena. Crédito da Foto: Arquivo / Divulgação / Governo Estadual

 

O governo de São Paulo vai reabrir a ciclovia da Marginal Pinheiros e quatro parques na Capital e na região metropolitana a partir desta segunda-feira (3). O uso de máscara e distanciamento social continuam obrigatórios.

A previsão era de que os postos de atendimento do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) também voltassem gradualmente a partir desta segunda, mas o governo federal adiou a data para 24 de agosto.

Ciclovia

A ciclovia da Marginal Pinheiros, área de 22 km de responsabilidade da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), foi fechada no início do período de quarentena, em 21 de março, e passou por um trabalho de melhorias e modernização. Devido ao andamento desse plano, parte do trecho na Marginal leste ficará interditado na região da Ponte Euzébio Matoso até o dia 14 de agosto. Os ciclistas poderão acessar a ciclovia pela passarela da Cidade Universitária, ir até o Jaguaré e voltar ou acessar pelo Parque do Povo ou Vila Olímpia e ir até a Ponte Euzébio Matoso.

Parques

O governo estadual vai reabrir mais quatro parques na capital paulista e na região metropolitana para práticas esportivas individuais, como caminhada e bicicleta e também vai liberar as quadras de tênis. O uso de máscara ainda é obrigatório e os frequentadores devem manter o distanciamento social. Os parques Guarapiranga e Belém, na capital; o parque Gabriel Chucre, em Carapicuíba; e o Ecológico da Várzea, em Embu Guaçu, voltarão a abrir de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h. Ao todo, 14 parques foram reabertos no Estado de São Paulo desde o início das medidas de flexibilização.

Adiado

A reabertura gradual dos postos de atendimento do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) não começará mais a partir desta segunda-feira. O prazo foi adiado para o dia 24 de agosto. Por enquanto, os atendimentos serão realizados remotamente.

Segundo divulgou o Ministério da Economia recentemente, a reabertura vai considerar as especificidades de cada uma das 1.525 agências da Previdência Social no País. (Estadão Conteúdo)

Comentários