Brasil Exterior

Secom divulga carta de Biden a Bolsonaro defendendo ‘estreita colaboração’

Bolsonaro foi o último presidente do G-20 a reconhecer a vitória do democrata
Câmara dos Estados Unidos aprova ajuda de US$ 2 mil
A carta é datada do mês passado, 26 de fevereiro, segundo a Secom. Crédito da foto: Mark Makela / Getty Images / AFP (28/12/2020)

A Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) do governo federal informou, em nota, que o presidente norte-americano, Joe Biden, enviou carta de agradecimento ao presidente Jair Bolsonaro pelos cumprimentos recebidos após posse na presidência dos Estados Unidos. Segundo o informe, “Biden salientou que seu governo está pronto para trabalhar em estreita colaboração com o governo brasileiro”.

Bolsonaro foi o último presidente do G-20 a reconhecer a vitória do democrata e parabenizá-lo, pelo Twitter, em 15 de dezembro de 2020. De acordo com a Secom, a carta é datada do mês passado, 26 de fevereiro, e defende o estreitamento de laços entre os dois países em termos econômicos, sanitários e de sustentabilidade.

A menção à carta de agradecimento foi divulgada pela secretaria menos de 24h após serem divulgados trechos da entrevista do ex-presidente – e opositor ao governo Jair Bolsonaro – Luiz Inácio Lula da Silva à rede americana CNN. Nela, Lula faz um apelo a Biden para que convoque reunião do G-20 a fim de tratar da distribuição de vacinas e reforça críticas a Bolsonaro. (Estadão Conteúdo)

Comentários