Brasil

Relembre outros ataques com armas de fogo no Brasil

Nesta terça-feira (11), um homem entrou na Catedral de Campinas e matou quatro pessoas
Polícia cerca a fachada da Catedral Metropolitana de Campinas. Crédito da foto: Ari Ferreira / AFP

Um homem, de cerca de 35 anos, entrou na Catedral Metropolitana de Campinas, por volta das 13h desta terça-feira (11), e atirou contra oito pessoas que estavam rezando no local. Quatro pessoas morreram e as outras foram socorridas.

Segundo a polícia, agentes entraram na igreja e dispararam contra o homem. Ele, então, teria caído no chão e se matado em seguida.

Leia mais  Atirador teria feito disparos com revólver e pistola e depois se matado. Veja vídeo

 

Relembre abaixo outros ataques no Brasil com armas de fogo.

Estudante atira contra colegas em escola

No dia 20 de outubro de 2017, um estudante de 14 anos do Colégio Goyases, em Goiânia, sacou uma arma no intervalo entre as aulas e atirou contra seus colegas em uma sala do 8º ano. Dois adolescentes, de 13 anos, morreram no local. Outros quatro alunos também foram atingidos, mas escaparam com vida. Filho de policiais militares, o atirador foi detido e encaminhado para uma unidade de internação.

Doze mortos durante festa de réveillon

Durante as comemorações de revéillon, em 31 de dezembro de 2016, o técnico de laboratório Sidnei Ramis de Araújo, de 46 anos, matou o filho, a ex- mulher e mais 10 pessoas que celebravam na casa de uma das vítimas, em Campinas, no interior do Estado. Depois de atirar nos convidados, Araújo se matou. O crime, segundo a polícia, ocorreu porque ele não aceitou perder a guarda do filho.

Massacre deixa 12 mortos em Realengo

Em abril de 2011, o ex-aluno Wellington Menezes de Oliveira entrou na escola Tasso da Silveira, no bairro de Realengo, no Rio, e matou 12 crianças. O homem, de 23 anos, estava armado com dois revólveres. Treze ficaram feridos. Oliveira foi interceptado por policiais e cometeu suicídio.

Jovem atira contra plateia de cinema

Em novembro de 1999, o ex-estudante de medicina Mateus da Costa Meira, entrou em uma sala de cinema do Morumbi Shopping, na zona sul de São Paulo, e atirou contra a plateia de 66 espectadores. Ao todo, três pessoas morreram e quatro ficaram feridas. (Estadão Conteúdo)

Comentários