Brasil

Reforma pode ir ao Congresso ‘amanhã ou depois do Carnaval’, diz Guedes

Mais cedo, Bolsonaro afirmou que a reforma administrativa está “madura”
Reforma pode ir ao Congresso ‘amanhã ou depois do Carnaval’, diz Guedes
O ministro da Economia, Paulo Guedes, durante evento no Palácio do Planalto, em Brasília. Crédito da foto: Edu Andrade / Ascom / ME (20/2/2020)

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta quinta-feira (21) que o presidente da República, Jair Bolsonaro, está fazendo os últimos ajustes na proposta de reforma administrativa. O texto poderá ser enviado para o Congresso Nacional “amanhã ou depois do Carnaval”.

“Está com o presidente. Ele está fazendo os últimos toques dele lá. O envio para o Congresso Nacional pode ser amanhã, pode ser depois do Carnaval. Ele está fazendo os últimos ajustes”, disse Guedes, enquanto caminhava do Ministério da Defesa para o Ministério da Economia. Os prédios são vizinhos na Esplanada.

Mais cedo, Bolsonaro afirmou que a reforma administrativa está “madura”, embora ainda não esteja pronta. Também defendeu o atraso no envio da proposta ao Congresso.

Segundo Bolsonaro, de nada adianta o governo enviar a matéria e depois ter que pedir modificações no texto aos parlamentares. (Lorenna Rodrigues e Eduardo Rodrigues – Estadão Conteúdo)

Comentários