Brasil Covid-19

Prefeitos de São Paulo resistem menos às fases impostas pelo Estado

Algumas prefeituras estão adotando medidas ainda mais drásticas que as previstas no plano

Prefeitos das principais cidades do interior reagiram com menor resistência à decisão do governo estadual de colocar sete das principais regiões do interior na fase vermelha do Plano São Paulo. Algumas prefeituras estão adotando medidas ainda mais drásticas que as previstas no plano.

“Ou fecha ou vai morrer gente nos corredores”, disse o prefeito de Franca, Alexandre Ferreira (MDB), que antes resistia ao fechamento. Já a prefeitura de Taubaté anunciou lockdown, com toque de recolher noturno.

A partir de segunda-feira (25), as regiões de Barretos, Bauru, Franca, Marília, Presidente Prudente, Sorocaba e Taubaté serão obrigadas a fechar comércios e serviços não essenciais.

As demais, incluindo a Grande São Paulo, ficarão na fase laranja, mas com restrições da vermelha em dias úteis após às 22h e integralmente nos finais de semana e feriados. As medidas vigoram até o dia 7 de fevereiro. (Estadão Conteúdo)

Comentários