fbpx
Brasil

Plenário e CCJ do Senado aprovam indicação de Aras para a PGR

Aras obteve 23 votos favoráveis e 3 contrários na CCJ, e placar de 68 a 10 no plenário
Antônio Augusto Brandão de Aras, indicado para o cargo de procurador-geral da República. Crédito da Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e o plenário do Senado aprovaram nesta quarta-feira (25) a indicação de Augusto Aras para o comando da Procuradoria-Geral da República (PGR).

Leia mais  Bolsonaro formaliza indicação de Augusto Aras para a PGR

 

Aras obteve 23 votos favoráveis e 3 contrários na CCJ. No plenário, onde precisava de 41 votos, o placar foi de 68 a 10.

Em uma das suas últimas declarações, Aras falou em “fazer diferente”. “É possível fazer diferente. Com unidade institucional, enfrentamento à macrocriminalidade, destravamento da economia podemos fazer muito pelo país”.

A sabatina durou pouco mais de cinco horas. Aras falou sobre meio ambiente, crime organizado, Operação Lava Jato e abuso e autoridade.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, encerrou a reunião da CCJ em tom elogioso ao indicado à PGR. “[Aras] tem legitimidade sim para ocupar esse espaço. É subprocurador de carreira, cumpre os requisitos necessários. Passa agora o Senado Federal a ser o responsável pela convalidação dessa indicação. E vejo, pelo placar na CCJ, que vossa excelência reúne, com certeza, todas as condições de ser aprovado no plenário do Senado”. (Da Redação, com informações da Agência Brasil)

Comentários

CLASSICRUZEIRO