Brasil

Palácio do Planalto monta ofensiva

A taxa de brasileiros contrários ao impeachment cresceu, indo de 50% em dezembro para 53% agora

O Palácio do Planalto montou uma ofensiva de comunicação para reagir à pressão pelo impeachment do presidente Jair Bolsonaro. Após pesquisas indicarem queda de popularidade do presidente associada à forma como ele tem enfrentado a pandemia do coronavírus, o governo colocou na praça uma campanha publicitária dizendo que, com a união de todas as forças, “as vacinas aprovadas pela Anvisa” já estão sendo distribuídas em todo o Brasil.

Após organizarem panelaços, líderes de movimentos de esquerda e de direita, além de representantes da sociedade civil, convocaram para ontem (23) e hoje (24) atos em ao menos 19 capitais, e no Distrito Federal, para pedir o impeachment de Bolsonaro. No entanto, mesmo com o desgaste da imagem do governo Bolsonaro, a taxa de brasileiros contrários ao impeachment cresceu, indo de 50% em dezembro para 53% agora. (Estadão Conteúdo)

Comentários