Brasil

Outro viaduto é interditado em São Paulo por riscos estruturais

Alça de acesso entre as pistas expressas da Marginal Tietê e Via Dutra, na zona norte de São Paulo, ficará fechada
Viaduto interditado é federal, de responsabilidade do DNIT. Crédito da Foto: Reprodução/TV Globo
Viaduto interditado é federal, de responsabilidade do DNIT. Crédito da Foto: Reprodução/TV Globo

A Prefeitura de São Paulo decidiu interditar nesta quarta-feira (23) a alça de acesso da pista expressa da Marginal do Tietê para a pista expressa da Rodovia Presidente Dutra, na zona norte de São Paulo, após a detecção de danos na estrutura, que passa por cima do Rio Tietê.

O prefeito Bruno Covas (PSDB) foi ao local. Ainda não há informações sobre o período de interdição da pista. A alça é um dos acessos da capital para o Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos.

Leia mais  Obra emergencial em viaduto de SP terá prazo de seis meses

 

A necessidade de interdição foi detectada após uma vistoria que está sendo feita em pontes e viadutos da cidade, motivada pela queda do viaduto da Marginal do Pinheiros, em novembro do ano passado, que mantém a via interditada desde então. As obras ali duram pelo menos até maio, segundo a Prefeitura.

A Prefeitura havia anunciado plano para vistoriar, em uma primeira etapa, 33 construções. Ela já havia detectado sinais de riscos estruturais em 8 dos 11 locais inspecionados até o último dia 15 de janeiro, e anunciado a contratação emergencial, sem licitação, de empresas para fazer vistorias mais detalhadas. (Bruno Ribeiro – Estadão Conteúdo)

Comentários