Brasil Covid-19

OMS fornecerá mais de 10 milhões de doses de vacina ao Brasil no 1º semestre

Neste primeiro momento, apenas a AstraZeneca será fornecida no país
A AstraZeneca com a Universidade de Oxford teve autorização da Anvisa para uso emergencial. Crédito da foto: Fernando Rezende (26/01/2020)

 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) planeja fornecer ao Brasil 10.672.800 doses de vacina contra a Covid-19 no primeiro semestre de 2021 por meio da iniciativa Covax, disse a entidade.

As entregas devem começar ainda em fevereiro, com 337 milhões de doses a 145 países, ou seja, uma cobertura de 3,3% da população das nações participantes. De acordo com Ann Lindstrand, coordenadora de imunização da OMS, os imunizantes serão distribuídos de forma proporcional à população de cada país.

As vacinas disponibilizadas neste programa serão da AstraZeneca com a Universidade de Oxford e da Pfizer com a BioNTech. Neste primeiro momento, o Brasil receberá apenas o produto da AstraZeneca, que teve autorização da Anvisa para uso emergencial no país.

Comentários