Brasil

Nomeação de ministro da Saúde atrasa

Nomeação de ministro da Saúde atrasa
Crédito da foto: Evaristo Sá / AFP (16/3/2021)

O atraso na nomeação do novo ministro da Saúde, o cardiologista Marcelo Queiroga, aconteceu por causa de um erro da Presidência da República: a equipe esqueceu-se de checar se Queiroga constava como administrador de alguma empresa na Receita Federal. A Lei 8.112 de 1990 proíbe que servidores públicos estatutários (como é o ministro da Saúde) sejam sócios administradores de empresas privadas. É o caso de Queiroga: segundo os registros da Receita, ele é sócio administrador de duas clínicas de cardiologia em João Pessoa (PB). O processo de desincompatibilização das empresas é moroso, o que motivou o atraso na nomeação oficial para o Ministério da Saúde. (Estadão Conteúdo)

Comentários